Padre faz apelo emocionante e pede ajuda por Brumadinho.

Padre faz apelo emocionante e pede ajuda por Brumadinho

Desde o dia 25 de janeiro a cidade Brumadinho/MG vem enfrentando uma dor indescritível. O rompimento da barragem de rejeitos de minérios, levou morte e destruição por onde passou.

Solidariedade com quem sofre

A solidariedade veio em forma de donativos de roupas, alimentos e voluntariado, porém, além do material as pessoas precisam de consolo para suas almas; para isso a Igreja convocou os fiéis para ações missionárias.

A cidade está localizada no Vale do Paraopeba e há quase três anos, foi criado o Vicariato Episcopal para a Ação Missionária na região. Lá existem 12 Paróquias de cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte que beiram à margem do Rio Paraopeba, incluindo, além de Brumadinho, os municípios de Belo Vale, Moeda, Crucilândia, Piedade dos Gerais, Bonfim, Rio Manso e Mário Campos, sendo Dom Vicente Ferreira bispo referencial pelo trabalho na região.

No dia 29/01, Dom Walmor, que é Arcebispo de Belo Horizonte, visitou pessoas que sofrem com a falta de notícias de familiares desaparecidos. Também esteve na Igreja de São Sebastião, matriz de Brumadinho, que se tornou referência de assistência às vítimas.

Diante desta tragédia tão absurda, nossa Igreja se une, para ser presença solidária, consoladora, na vida das pessoas, no amparo a suas necessidades urgentes e materiais, especialmente na acolhida humana e espiritual. Gratidão aos evangelizadores que se colocam ao lado dos que sofrem, partilhando a dor com as famílias vítimas da tragédia.” – Disse o Arcebispo.Faça esta oração pela cidade de Brumadinho

Um apelo emocionante

Pe. Renê Lopes, pároco da Paróquia de São Sebastião, em Brumadinho, postou no dia 30/01 um vídeo, que foi compartilhado na página Ancoradouro, com um apelo emocionante. Ele convoca padres, ministros da eucaristia e fiéis para visitar e consolar o povo que sofre.

Sabemos que a realidade não vai mudar, mas ter um olhar amigo e um abraço em nome de Deus é o suficiente para dizer “Não estás sozinho“.

Com informações de Arquidiocese de Belo Horizonte

<

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password