Oficinas online no SASF

Desde o início da crise causada pela pandemia de Covid-19, tivemos que nos adaptar a novos “estilos de vida”. Seja com o trabalho, com os afazeres domésticos, com as crianças.

Assim também as escolas, lojas, atendimentos psicológicos, retiros espirituais. Tudo aquilo que está sendo possível acontecer no meio digital, está encontrando na internet a sua forma de atuação.

Esses Pães foram confeccionados pela aluna de Solange Rodrigues.

E, apesar da não convivência social, proporcionada pelos espaços próprios, que trazem seus benefícios, e também da dificuldade que muitas pessoas ainda encontram com o conteúdo digital, é nesse meio que muitas atividades e serviços estão sendo oferecidos. Em alguns casos, diga-se até, ‘sobrevivendo’.

SASF Jaraguá

No Serviço de Atendimento às Famílias (SASF Jaraguá), onde a Aliança gerencia o projeto, tudo acontecia presencialmente. Visitas, oficinas, atendimentos, etc. Com a pandemia, houve a necessidade de pausar as atividades presenciais.

Contudo, as famílias atendidas foram auxiliadas com doações de cestas básicas, graças a ajuda de diversas pessoas e parcerias com instituições.

Saiba mais: sobre as ações da Aliança durante a pandemia

Então, levando em consideração diversas vulnerabilidades locais, e um dos objetivos das oficinas, que é proporcionar um conhecimento onde as alunas possam adquirir habilidades manuais para conseguirem renda própria, viu-se a necessidade de oferecer um conteúdo online.

Almofada com capa de crochê. Oficina SASF Jaraguá.

Adaptação online

Recentemente, a equipe começou a se adaptar e está oferecendo às mulheres atendidas, oficinas de crochê, pães caseiros e máscaras de tecido. As aulas estão sendo gravadas pelas oficineiras e enviadas através de um link.

Todo o material está sendo disponibilizado pelo SASF, como um kit para cada atendida. Mostrando como tem sido o aprendizado em casa, elas postam fotos e vídeos do processo de execução.

Uma das dificuldades tem sido justamente a falta de conhecimento com os recursos digitais, o que tem diminuído com um trabalho de aproximação familiar, onde os filhos passam a ensinar as suas mães a mexerem nos aparelhos. E a equipe do SASF também busca dar um suporte quando necessário.

Uma nova oficina online de unhas decoradas, está também prevista para acontecer em breve. E como têm sido trabalhos pilotos, a equipe do SASF conta também com a opinião das próprias alunas, que responderão um formulário de avaliação das oficinas.

Professores e alunos

A oportunidade de voltar com os cursos também está sendo muito importante para as professoras, que em alguns casos, têm na atividade, a renda mensal.

Assim aconteceu com Cleide Chagas, oficineira de crochê. Ela, que desde o início da pandemia se viu numa situação financeira bem difícil, além de voltar a ter sua renda, ganhou esperança e, principalmente, ânimo para novos projetos e muito desejo de se reinventar, aprendendo tudo o que pode das mídias digitais.

E as alunas só têm a ganhar: “o curso pra mim está sendo ótimo e um aprendizado! Principalmente agora, com esse momento tão difícil que estamos passando! Eu estou gostando muito do curso porque está ajudando a distrair um pouco, pelo menos no momento que estamos aprendendo a fazer os pães.

É um aprendizado que vamos levar pra toda a vida e também um meio de ganhar algum dinheiro futuramente! Só tenho a agradecer pela oportunidade que o SASF está nos oferecendo! Estou amando a aula, obrigada por proporcionar essas aulas pra gente!” (Maria Eunice, atendida e aluna do curso de pães).

<

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password