Imagem do Sagrado Coração de Jesus

Um coração que pulsa ainda hoje! Um olhar para o Sagrado Coração

Chegando o mês de junho, iniciam-se as celebrações dos, talvez, santos mais populares da Igreja e do Brasil: São João Batista, Santo Antônio de Pádua (ou de Lisboa) e São Pedro Apóstolo. Mas, mais importante que todas essas celebrações, é aquela que nos recorda o Sagrado Coração de Jesus, refúgio dos pecadores.

A devoção

Celebrar o Coração de Jesus é adentrar num mistério de amor: um Deus que Se faz homem e que tem o Seu coração de amor chagado, perfurado, aberto.

Ícone de São João reclinado no peito de Jesus.

devoção ao Sagrado Coração nasce da própria Palavra de Deus, em especial do apóstolo João que se reclina na última ceia no peito de seu amigo Jesus (Jo 13, 21-25) e na atitude do soldado que fere o lado de Jesus para atestar Sua morte (Jo 19, 33-37), sendo assim, banhado pelo Sangue e pela Água que de lá jorraram.

Mas foi a partir de Santa Margarida Maria que a devoção se espalhou pelo mundo. O próprio Jesus quis aparecer-lhe e revelar-lhe promessas aos que se aproximassem de Seu Coração com carinho, amor e adoração.

Em 1675, numa aparição, Jesus disse à Santa Margarida:

“Eis este Coração que tanto tem amado os homens. Não recebo da maior parte senão ingratidões, desprezos, ultrajes, sacrilégios, indiferenças…

Eis que te peço que a primeira sexta-feira depois da oitava do Santíssimo Sacramento (Corpo de Deus) seja dedicada a uma festa especial para honrar o Meu Coração, comungando neste dia e dando-lhe a devida reparação por meio de um ato de desagravo, para reparar as indignidades que recebeu durante o tempo em que esteve exposto sobre os altares.

E prometo-te que o Meu Coração se dilatará para derramar com abundância as influências de Seu divino Amor sobre os que tributem esta divina honra e que procurem que ela lhe seja prestada”.

Saiba mais: Entronize o Sagrado Coração em sua casa

Santa Margarida

Como quase todos os videntes de Nossa Senhora, a vidente de Nosso Senhor Jesus Cristo também foi perseguida pela própria Igreja.

Incompreendida e desacreditada pelos que eram próximos, Santa Margarida contou com os conselhos e direção espiritual de São Cláudio La Colombiére, que fez com que enxergassem a aparição e os pedidos feitos a ela, com outros olhos.

Imagem do Sagrado Coração de Jesus
Imagem do Sagrado Coração de Jesus.

Promessas

À Santa Margarida, Jesus revelou promessas feitas a algumas classes de irmãos e irmãs, como as famílias, as almas tíbias, os pecadores. Veja só:

* Eu lhes darei todas as graças necessárias para seu estado;
* Eu darei paz às suas famílias;
* Eu as consolarei em todas as suas aflições;
* Eu lhes serei um refúgio seguro durante a vida, e sobretudo na hora da morte;
* Eu lançarei abundantes bênçãos sobre todas as suas empresas;
* Os pecadores acharão, em Meu coração, a fonte e o oceano infinito de misericórdia;
* As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas;
* As almas fervorosas se elevarão a uma grande perfeição;
* Eu mesmo abençoarei as casas onde se achar exposta e honrada a imagem do Meu coração.

Os jovens e Coração de Jesus

Os jovens são conhecidos por sua intensidade e desejo de vencer desafios que lhes são feitos. Assim também era com João, o discípulo amado e o mais novo do grupo dos amigos de Jesus.

Por ser o “discípulo amado”, este sempre recorria ao Coração de seu Mestre e Amigo para descansar e entender as coisas do Céu.

Pode interessar: O que aprender do Sagrado Coração de Jesus

Imaginemos que para ele não tenha sido tão fácil largar tudo para seguir um desconhecido com promessas de um Reino do qual ele sempre ouviu falar, mas que até então era inacessível.

São Josemaria Escrivá, fundador do Opus Dei e considerado “santo do cotidiano”, fala sobre a relação de João com o Coração de Jesus: “Como gosto de contemplar João, que reclina a sua cabeça sobre o peito de Cristo! – É como render amorosamente a inteligência, ainda que custe, para acendê-la no fogo do Coração de Jesus.

Num tempo em que a juventude se perde por estar conectada demais ao mundo virtual e às coisas desta vida passageira, João nos ensina a gastarmos a vida com Aquele que não passa.

Reclinar os ouvidos no Coração de Jesus é, sem dúvidas, uma atitude de humildade de quem pede: ensina-me, Jesus, os Teus caminhos, para que eu não vacile e para que já aqui na Terra eu viva as promessas do Reino do qual és Senhor.

Aprendamos de João: estar atualizado na vontade de Deus através do Seu Coração que pulsa é muito melhor do que viver navegando num oceano virtual que provavelmente não nos levará a lugar nenhum.

O Coração de Jesus nos ensina a viver o agora de Deus!

Sagrado Coração de Jesus, tende piedade de nós!

Robson Landim, Jornalista e Colaborador da Aliança de Misericórdia 

<

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password