Frei Peter exibe o prêmio

Frade Franciscano ganha prêmio de melhor professor do mundo

O frade foi reconhecido pelos seus esforços em uma escola em condições precárias na África. Com muitos alunos, poucos livros e recursos, seu trabalho foi classificado como excepcional.

Reconhecimento do trabalho

O religioso Franciscano, Peter Tabichi, ganhou o Global Teacher Prize de 2019, entregue no dia 24/03 em Dubai. O prêmio criado pela Fundação Varkey, que se dedicada à melhoria da educação para crianças carentes.

O frade foi reconhecido pelos seus esforços em uma escola em condições precárias na África. Com muitos alunos, poucos livros e recursos, seu trabalho foi classificado como excepcional e ganhou para levar para frente seu projeto US$ 1 milhão.

Frei Peter leciona na Escola Secundária Keriko Mixed Day, na aldeia de Pwani, situada em uma região remota e semi-árida do Rift Valley, no Quênia. A situação é de extrema pobreza e carência: um terço dos alunos são órfãos ou criados com um dos pais, muitos não têm comida em casa.

Fora isso, problemas como gravidez na adolescência, uso de drogas e suicídio são recorrentes entre os jovens. 

Frei Peter em Sala de aula. (Foto: Global Teacher Prize)

A sala de aula é super lotada; são uma média de 58 alunos que dispõem de apenas um computador com uma internet fraca. Além disso os jovens enfrentam diariamente um caminho de 7km para chegar à escola. E o esforço vale a pena!

Hora de agir

Vendo o potencial dos jovens, Frei Peter não hesitou em estimular seus dons promovendo um clube de Talentos e um Clube de Ciências. Em pouco tempo alguns alunos estavam participando de competições nacionais. Sua escola agora está em primeiro lugar em desempenho dentre as escolas públicas.

o Frei instrui alunos da área de ciências
o Frei instrui alunos em trabalho de Física. (Foto: Global Teacher Prize)

Atualmente seus alunos de Ciências Matemáticas se qualificaram para participar da Feira Internacional de Ciências e Engenharia INTEL 2019 no Arizona, EUA.

A valorização dos alunos se reflete no comportamento. Antes semanalmente, eram registrados 30 casos de indisciplina, agora a média são três. Com relação a desempenho as meninas lideraram as notas nos quatros testes feitos na escola em 2018.

Entrega do prêmio em Dubai
Entrega do prêmio em Dubai. (Foto: Global Teacher Prize)

Os alunos com desempenho baixo não ficam sem assistência. Peter com mais dois colegas dão aulas de reforço aos finais de semana, chegando a visitar as casas para conhecer o ambiente em que a criança está se desenvolvendo e compreender seus entraves.

Este reconhecimento mostra que basta boa vontade e acreditar que qualquer situação pode ser transformada com trabalho e disciplina.

Com informações de:

Global Teacher Prize

Franciscanos.org

<

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password