Armadilha com um coração como isca

Dom Henrique Soares fala do mal que ameaça os fiéis hoje

Armadilha com um coração como isca
O que estamos usando para ser o nosso critério para a vida?

A queixa de Deus a respeito do antigo Israel vale também para a Igreja, novo Israel. É verdade que a Aliança com a Igreja não poderá ser quebrada, é eterna, porque está selada no Sangue de Cristo e a própria Igreja, em si mesma, é Corpo do Cristo.

Jamais o Senhor haverá de Se separar do Seu Corpo eclesial, que é Templo do Seu Espírito, habitação a Sua santidade!

Se a nova Aliança é eterna e inquebrantável não é por nossa causa, mas unicamente por causa do Senhor: a Aliança é no Seu Corpo, pleno do Espírito Santo. Nesse Corpo de carne tornado na Páscoa Corpo cheio do Espírito, Corpo da Igreja, o Senhor Jesus Cristo disse ao Pai, no Espírito, o Seu inquebrantável “sim” filial e obediente!

Esta é nossa única segurança, certeza e esperança de que jamais a Aliança entre Deus e o Seu novo Povo será quebrada ou anulada!

Nossa infidelidade

Mas, os filhos da Igreja, sejam leigos ou ministros ordenados, podem cair em graves situações de infidelidade!

E, já há algumas décadas, nós vemos este processo na Igreja: tendência fortíssima ao imanentismo (parece que só é real o que é daqui debaixo, numa visão e sensibilidade horizontais, terra-terra, sem real e profunda abertura para o Senhor e Sua Palavra e Seu Mistério e Sua Santidade e o respeito, devoção e adoração que Ele merece), ao relativismo teológico e moral (que deseja adaptar a doutrina e os costumes cristãos ao mundo, às modas, às ideias dominantes), à rendição ao espírito mundano e ao politicamente correto.

Isto afasta do Deus verdadeiro, isto atenua e enfraquece o sentido mesmo do Deus vivo e santo, o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo!

Quantos, na Igreja, hoje, correm atrás do vazio, dos ídolos do pensamento dos tempos atuais, fechados para o Senhor e Seu Evangelho?

O Evangelho já não serve

Para muitos, o critério já não é o Evangelho, mas o mundo com suas modas e pecados! Quantas pessoas de Igreja, quantas famílias cristãs pensam, agem, falam e vivem como o mundo, tomando como critério o politicamente corretonum cristianismo invertebrado, que não difere do mundo e não é sal e luz para nada!

Parece até que o único pecado é ofender ao politicamente correto e ao humanismo meloso e imanentista atual, que coloca o homem no lugar de Deus…

Cristãos tão embriagados de mundanismo, que já não perguntam pelo Senhor, pela Sua Palavra, pelas Suas exigências, pela Sua santa vontade!

“Meu povo cometeu dois crimes: Eles Me abandonaram, a Mim, fonte de água viva, para cavar para si cisternas, cisternas furadas, que não podem conter água!” (Jr 2,13).

Mas, os que forem fieis ao Cristo, sendo firmemente fiéis à fé católica e apostólica, os que se mantiverem atentos à Palavra do Senhor, os que fizerem Dele o Critério, o Caminho, a Verdade, esses terão a alegria do consolo do Senhor, de constatar de modo vivo e dinâmico Sua potente presença e de ver e experimentar como o Senhor jamais abandona o Seu Povo, a Sua amada Igreja!

Dom Henrique Soares Bispo de Palmares/PE

<

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password