Foto antiga da família Albuquerque

Árvore genealógica: descobrindo suas origens

“Zorobabel gerou Abiud. Abiud gerou Eliacim. Eliacim gerou Azor. Azor gerou Sadoc. Sadoc gerou Aquim. Aquim gerou Eliud. Eliud gerou Eleazar. Eleazar gerou Matã. Matã gerou Jacó. Jacó gerou José, esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado Cristo”.
(Mt, 1, 13-16)

Descobrir suas origens

Nosso salvador Jesus poderia ter vindo ao mundo num passe de mágica, numa tempestade cósmica, mas não! Ele quis pertencer a um povo, à uma família.

Há na Bíblia duas genealogias de Cristo: a de Lucas (3, 23-38), que se inicia em Jesus e vai até Adão; e a de Mateus, que começa em Abraão. São objetivamente duas formas de entender a missão de Cristo e compreender a sua identidade.

No evangelho lucano é ressaltada a descendência sacerdotal de Jesus, ou seja, a parte da família de Maria.

Já Mateus, registra a descendência da parte de José. Se a revelação divina fez questão de registrar estes nomes é porque há muita importância nisto.

Você já teve curiosidade de descobrir suas origens?

Saber quem foram seus antepassados te levará a lugares e histórias fascinantes de amor, sofrimento e superações que fizeram com que você estivesse aqui, lendo este artigo hoje.

Quando olhamos para aqueles que nos precederam, temos a chance de aprender e de fazer uma conexão única com pessoas que só conheceremos no Céu, além de entendermos um pouco mais sobre quem somos.

Tesouro para o futuro

Imagine seus filhos e netos tendo acesso às histórias dos seus pais, avós e bisavós; é um tesouro incalculável! Para preservar este tesouro, desenhe sua árvore genealógica.

Você fará uma representação das pessoas que fazem parte da sua família do lado paterno e materno. É na verdade um registro histórico com dados dos seus ancestrais e as conexões entre eles.

Veja mais alguns motivos para fazer sua árvore genealógica:

1 – Deixar um legado para as próximas gerações: nada melhor do que algo valioso e cheio de significado;

2 – Fazer descobertas: imagine ter Machado de Assis ou Dom Pedro como parte da sua família! Pesquisando a fundo, você pode se surpreender;

3 – Sentido e propósito: saber de onde você veio, como sua família viveu e onde se originou é algo incrível que vai ajudar no seu autoconhecimento;

4 – Exercício de descobertas: o caminho para montar uma árvore genealógica pode ser longo e cheio de pesquisas. No entanto, a cada novo passo, um mundo se abre para novas descobertas;

5 – Novos parentes: sem dúvidas, você descobrirá também parentes que nem imaginava que existiam.

6 – Preservação: isso também servirá para que as próximas gerações saibam de você e sua vida.

Vamos começar?

Esquema de árvore genealógica

Pode começar por você ou pelo ancestral mais antigo que você tenha conhecimento.

Quando estiver escrevendo a sua geração coloque os nomes dos seus irmãos, cônjuges e filhos. Depois vá para a geração dos seus pais e assim sucessivamente. Quem decide quando parar é você.

Em algum momento você precisará fazer pesquisas para saber com precisão a origem dos seus descentes. Alguns sites podem ajudar como Family SearchMy Heritage, Geni e o Arquivo Nacional

Se em algum momento sua memória falhar ou as informações forem escassas, converse com parentes, anote os nomes que forem surgindo. Outra dica é dar uma olhada na certidão nascimento dos mais antigos da família.

Marque também qual era a profissão daquele parente, a data de óbito e casamento. Ah, se você conseguir fotos, acrescente para tornar o histórico ainda mais interessante.

Aproveite essas dicas e informações e comece a montar a sua agora mesmo. Entregue cada um ancestral à misericórdia divina.

Oração de Libertação e Cura entre Gerações

Por fim, se você depois desta pesquisa, perceber que algum antepassado morreu longe de Deus, vale a pena rezar Missas e fazer orações para que a alma dele descanse em paz.

Reze esta oração de cura e libertação entre gerações composta pelo Pe. Roberto De Grandis:

Ponho sobre meus familiares o selo do Nome de Jesus. A marca de Jesus está também sobre minha saúde, minha família, meu trabalho e todas as pessoas por quem agora rezo, sobre seus lugares, posses, fontes e suprimentos.

Tudo está marcado e selado pelo Sangue do Senhor Jesus Cristo.

No Nome do Senhor Jesus Cristo, proíbo quaisquer círculos de feiticeiros (as), grupos ou emissários satânicos e seus associados, subordinados ou superiores de prejudicarem ou tirarem vingança de nós.

Proíbo, no Poder do Nome do Senhor Jesus Cristo toda ação que possa prejudicar ou tirar vingança de minha família, de todos aqueles que são envolvidos conosco, ou causar mal ou dano a qualquer coisa que tenhamos.

No Nome do Senhor Jesus Cristo e pelos merecimentos de Seu Preciosíssimo Sangue, quebro e dissolvo toda e qualquer maldição.

Toda contaminação, toda possessão diabólica, toda obsessão diabólica, todo espírito de enfermidade, todo espírito de destruição e todo espírito de prostituição.

Eu os repreendo, Jesus, e pelo poder do Teu Nome, eu quebro: toda a inveja, ciúme, medos, fobias, ansiedades, neuroses, angústias, depressão. Todo espírito de pessimismo, negativismo, vaidade e dores. Cubro tudo com o Teu Preciosíssimo Sangue, Jesus.

Todo malefício, todo selo maligno, encantamento, feitiço, laço, tentação, armadilha, instrumento maléfico, mentira, pedra de tropeço, obstáculo, ilusão, engano, diversão diabólica ou distração, toda corrente espiritual, influência espiritual.

Também qualquer doença do corpo, alma, mente e espírito lançada sobre mim e meus familiares.

A partir de agora, a Cruz de Jesus Cristo está colocada entre nós. Seu poder se estende sobre mim e sobre todas as gerações da minha árvore genealógica.

Declaro, no Nome do Senhor Jesus, que não mais haverá direta comunicação entre as gerações.
Toda a comunicação será filtrada, neste momento, pelo Preciosíssimo Sangue do Senhor Jesus Cristo.
Recebo a Vossa Verdade a respeito da cura entre as gerações”.

Conclua esta oração rezando 1 Credo, 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e 1 Glória.

<

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password