Você já ouviu falar na “Árvore da Palavra”?

árvore na beira do lago

Vamos por partes…

Na Igreja, o mês de setembro é dedicado à Bíblia, isso porque no dia 30 celebramos o dia de São Jerônimo, que foi responsável por traduzir os livros bíblicos para o latim.

Quanto à Palavra, sabiamente o salmista já disse: “lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho” (Sl 119, 105).

Partindo de uma intimidade com Deus, somos convidados a fazer essa mesma experiência de fé. O segredo está em deixar a Palavra germinar no solo do nosso coração, para isso, precisamos semeá-la em nós todos os dias.

Chegando à Árvore

Já em relação à árvore, coincidência ou providencia, dia 21 de setembro é comemorado no Brasil o seu dia, como conscientização da preservação do meio ambiente.

Ela traz muitos significados e simbologias e no nosso caso, vamos ressaltar algumas de suas características como a sua ascensão vertical, o crescimento que a fortalece e gera bons frutos.

Na Aliança de Misericórdia, “os nossos fundadores sempre nos ensinaram que deve ser a Palavra de Deus a dar ritmo à nossa vida. Iluminar o nosso coração, os nossos discernimentos e nossos pensamentos” (Pe. Custódio – Programa NaFonte).

Não é à toa que Jesus, em uma de suas parábolas, compara a Palavra à semente lançada no campo; em bom terreno ela cresce e dá bons frutos.

Então, nessa dinâmica, usamos a figura da árvore para cultivar nosso crescimento espiritual.

Sendo assim, cada situação que passamos pode ser terreno fértil para semear a Palavra, sendo oportuno o seu crescimento em nossa vida, deixando a fragilidade inicial da semente para atingir todo o seu potencial incutido.

Para isso, a “Árvore da Palavra” nos é uma grande aliada.

Vamos lançar e/ou regar as sementes?

Árvore da Palavra

Vamos montar a nossa “Árvore da Palavra”. Você vai precisar de: folhas de papel; canetas de várias cores. Se você tiver a habilidade de desenhar pode caprichar na produção.

É importante que você a construa em estado de oração, fazendo memória de momentos significativos em sua vida, bem como possíveis versículos bíblicos que permearam a situação.

Palavra de vida: Espiritualmente podemos dizer que somos uma Palavra pronunciada por Deus. Palavra de vida é aquela que te define. Se você tivesse que justificar a sua existência por uma Palavra Bíblica, qual seria?

1º Encontro: Essa é a Palavra que marca o seu primeiro encontro com Jesus. Talvez seja o Evangelho do dia em que isso aconteceu, ou outro versículo que lhe abriu os olhos para enxergá-Lo em sua vida.

Dia do Nascimento: Já parou para olhar as leituras do dia do seu nascimento? Busque saber a liturgia desse dia, medite-a e descreva-a, ou, em especial, aquele versículo que mais lhe chama a atenção.

Cura: Todos nós passamos por momentos difíceis, que nos machucam de alguma maneira. A Palavra Bíblica pode se transformar na força interior que insufla novo ânimo e nos direciona à caminho da cura. Faça memória de momentos como este, lembre-se da Palavra que te ajudou. Se está passando por isso, peça a Deus que te fale através da Palavra e descreva-a em sua árvore.

Casamento: Pode ser aquela escolhida pelo casal para a celebração do matrimônio, a do Evangelho do dia ou ainda aquela Palavra que acompanhou o casal para esse passo.

Vocação: Qual Palavra Bíblica te toca profundamente a ponto de ter a coragem para assumir a sua vocação? Essa Palavra é decisiva. Voltando-se para ela continuamente é escutar a mesma voz que te diz: “Vem”

Ano: E neste ano de 2018, alguma Palavra tem te marcado? Pense um pouco naquela que mais lhe tocou, que quando a medita, nasce em ti a coragem de continuar quando está difícil, que gera em ti esperança e certeza que Deus está cuidando de tudo. Esse pode ser o caminho espiritual que Deus está lhe convidando a viver neste ano.

Uma longa jornada

Muitas outras Palavras podem ser dispostas nessa árvore, até mesmo o significado do seu nome. Depois de pronta, faça uma ligação entre elas e perceba como está o seu crescimento espiritual.

Observe que de alguma maneira todas te levam a um mesmo norte. Busque também a ajuda de um diretor espiritual, pois ele, pela graça Divina, pode te confirmar esse caminho e te ajudar a compreender o que ainda não tem conseguido

Lembre-se que a “Árvore da Palavra” é uma forma dinâmica de descrever nosso caminho espiritual e de nos ajudar a firmar nossos passos no que Deus nos fala ao coração, deixando ser conduzidos por Sua Palavra. Mas para que isso aconteça, é necessário intimidade com Ele.

Daí nasce o diálogo e a confiança, o que alimenta a nossa fé.

“Como a chuva e a neve descem dos céus e não retornam para eles sem regarem a terra e fazerem-na brotar e florescer, a fim de que ela produza sementes para o semeador e pão para os que dele se alimentam, assim também acontece com a Palavra que sai da minha boca: ela não voltará para mim vazia, mas realizará toda a obra que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei” (Is 55,10-11).

Juliana Costa, colaboradora da Aliança

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password