Mãe segura seu bebê

Existe em cada Mãe um pouco da Virgem Maria

Mãe segura seu bebê
“Sim, existe em cada Mãe um pouco da Virgem Maria”.

Você já parou pra pensar que depois de Deus e, colaborando com Ele, as mães são as únicas que podem gerar vida?

É incrível pensar como Deus em Sua infinita bondade, divide com a mulher a graça de trazer ao mundo novas criaturas, novos homens e mulheres para povoarem com o Amor de Deus esta terra.

Ser mãe vai além de gerar, é claro, mas pense no quanto de Deus há em você para que tenha essa graça tão grande?

Vemos isso também na Virgem Maria. Deus quis precisar dela, para que Seu Filho Unigênito viesse e restaurasse a dignidade do mundo. Maria teve a oportunidade de educar, formar, corrigir, amar, cuidar e enviar o Filho de Deus. Quanto será que Jesus não aprendeu dessa Mulher escolhida, pura e fiel?

Mais do que traços físicos, Jesus recebeu de Maria, os traços de sua identidade humana. Como é belo refletir sobre isso.

Pode interessar: A mãe que recusou o aborto e teve sua vida salva pelo bebê

Lágrimas fecundas

Assim também deve ser contigo, Mãe: nos teus filhos existe muito mais de seu do que apenas os traços físicos. Existe o teu amor, existe o teu cuidado.

E porque, então, não lembrar que também existe em teus filhos sangue, suor e lágrimas de noites mal dormidas, de dias de desespero por conta de uma febre que não abaixava, de fins de semana sem descanso por conta da festinha de aniversário que precisava acontecer

Sim, existe em cada Mãe um pouco da Virgem Maria que tem sua alma transpassada de dor pelo filho que chega tarde, que se perde, que sofre, que chora. Mas mais do que isso, existe em cada Mãe, a mesma esperança que havia no Coração de Maria pela ressurreição de Jesus.

Esperança na recuperação, esperança num futuro promissor, esperança na santidade de vida e no céu que ele pode conquistar, na conversão.

Esperança como a de Mônica que por 30 anos chorou por Agostinho. De Rita que preferia a morte de seus filhos que estes se manchassem de sangue inocente. De Zélia que pela educação viu a santificação de suas filhas e de seu esposo. De Ana que viu sua pequena Maria dizer sim aos planos de Deus.

Mãe, gratidão pela oração para que cheguemos à Terra Prometida. Gratidão pela esperança que transforma Saulos em Paulos. Gratidão pela perseverança nas cruzes que a vida apresenta aos seus filhos. Gratidão por saber e nos ajudar a entender que, apesar da dor, a ressurreição nos espera.

Mãe, Feliz Dia!

<

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password