A força da mulher que ora

A Virgem Maria é o modelo de Mulher forte e copiosa de sabedoria que nos ensina a eficácia de uma vida íntima com Deus.

Dons específicos

A mulher que ora fortalece sua fé e mantém o olhar no que é importante. O secularismo e suas distrações nos distanciam de uma vida oracional, ou seja, da intimidade com Deus. Exercitar essa intimidade, nos ajuda a não perder de vista quem somos e por onde devemos caminhar.

A mulher é possuidora de dons específicos, como a maternidade e a feminilidade. Quando consciente da verdade sobre si, ela é capaz de fecundar o sentido em tudo aquilo que realiza, desde um detalhe na decoração de sua casa, até importantes decisões a serem tomadas no seio familiar e no trabalho.

Oração como Hábito

Dom Walmor de Oliveira, Arcebispo de Belo Horizonte, disse certa vez que a oração não é uma fuga das dificuldades, como muitos pensam, mas ela traz clareza dos fatos e sabedoria para lidar com eles. O hábito da oração nos aproxima de uma vida virtuosa. Nos permite receber as graças de Deus que nos auxiliam a possuir mais fé, esperança e caridade.

Independente das responsabilidades da fase que você se encontra, toda mulher se fortalece interiormente e recupera sua inteireza ao fazer suas preces. A qualidade das suas atividades diárias e dos seus relacionamentos são frutos da força que tem a oração em sua vida.

A Virgem Maria é o modelo de Mulher forte e copiosa de sabedoria que nos ensina a eficácia de uma vida íntima com Deus. Santa Teresinha dizia: “A oração é como uma rainha, que em todo o momento tem acesso direto ao rei e pode conseguir tudo o que lhe pede.” Mulher que ora, grande é sua força para viver sua missão!

Giovana Marques, Jornalista

<

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password