Homem passa de carro em frente a uma igreja

Ataques terroristas no Niger e em Burkina Fasso

Homem passa de carro em frente a uma igreja
Homem passa de carro em frente a uma igreja em Burkina. (Foto: Revista Veja)

Na segunda-feira (13/05) a paróquia de Dolbel foi atacada pos criminosos, que feriram o pároco. Em setembro de 2018 o sacerdote padre Pier Luigi Maccalli, pároco de Bomoanga e missionário da Sociedade das Missões Africanas, foi sequestrado e desde então não se teve mais notícias de seu paradeiro.

Ameças de ataques

Segundo fontes missionárias da Agência Fides, na segunda-feira, 13 de maio, pessoas não identificadas atacaram a paróquia de Dolbel, pertencente à diocese de Niamey, região de Songhay-Zerma no Níger.

O pároco, padre Nicaise Avlouké ficou ferido em uma mão e na perna, e se encontra no campo militar onde procurou ajuda. “Já há algum tempo falava-se de possíveis ataques à paróquia e aos padres, em particular.

Este último fato confirma o agravamento da situação de segurança na região da fronteira entre o Níger e Burkina Fasso”. As forças de defesa parecem pouco preparadas para esta nova fase do terrorismo saheliano”.

Saiba mais: Por que o cristianismo é

Terror em Bukina Fasso

No dia 29/04 aconteceu um atentado a bom contra uma igreja evangélica mantando o pastor, dois de seus filhos e três fiéis.

No dia 12/05 o ataque desta vez foi numa igreja católica; a missa havia começado quando 20 jihadistas chegaram de moto e começaram a circundar a igreja atrás do pároco. Algumas pessoas sairam correndo da igreja e foram mortas a tiros.

Depois, os assassinos entraram e fizeram todas as pessoas deitarem no chão e atiraram em cinco delas aleatoriamente, a sangue frio. Em seguida atearam fogo na igreja. Existem no país vários grupos radicais islâmicos que desde 2015 já fizeram 350 vítimas. O objetivo é varrer os cristãos do território.

Apesar dos apelos de paz do Papa e seus representantes esses grupos não têm escrúpulo algum e curiosamente não são confrontados como deveriam. O massacre dos cristãos está acontecento sob os nossos olhos e a comunidade internacional fica indiferente.

Rezemos pelos cristão perseguidos!

Segundo fonte de Vatican News

<

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password