fbpx

Como ser testemunhas da Misericórdia? Obras de Misericórdia espirituais

Como foi falado na primeira parte desta breve reflexão sobre as Obras de Misericórdia , a misericórdia de Deus é tão grande e tão simples.

Através de pequenos gestos podemos realizar maravilhas na vida de outras pessoas. Deus também, muitas vezes, faz assim conosco. Na primeira parte apresentamos as obras corporais e hoje apresentaremos as obras de misericórdia espirituais.

Leia aqui: como ser testemunhas da Misericórdia? Obras de misericórdia corporais

Por que realizar as obras misericórdia?

Mas, antes, quero fazer uma breve reflexão sobre a importância de realizar tais obras. O ser humano é composto de alma e corpo. Poderíamos, então, nos perguntar: qual parte do ser humano é mais importante?

Embora as duas partes sejam muito importantes, e não podemos desprezar uma em detrimento da outra, poderíamos responder com tranquilidade: é a alma. Pois o próprio Jesus disse: “E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo” (Mt 10, 28-33).

Precisamos cuidar do corpo e da alma, mas principalmente precisamos cuidar desta última. Nela, está a imagem e semelhança de Deus, é na alma que habita a Trindade em nós. O corpo deve estar sujeito à alma e não ao contrário.

A vida espiritual é muitíssimo mais importante que a vida corporal. Essas poucas frases já nos apontam a grande importante das obras de misericórdia espirituais. Precisamos lembrar, como bons cristãos, que não podemos somente cuidar das necessidades materiais dos nossos irmãos, mas principalmente zelar pelas suas almas com misericórdia.

Obras de misericórdia espirituais:

1) dar bom conselho;

2) ensinar os ignorantes;

3) corrigir os que erram;

4) consolar os aflitos;

5) perdoar as injúrias;

6) sofrer com paciência as injustiças;

7) rezar pelos vivos e pelos mortos.

Atenção! Volte um pouco no texto e leia de novo…

Leu? Então, responda: existe algum ser humano nessa terra que não é capaz de realizar nenhuma dessas obras de misericórdia espirituais?

Os gestos de misericórdia são grandiosos, mas simples

Ninguém é tão pobre que não tenha nada para dar! Meu Deus, quantas formas possíveis de ser testemunha do teu amor misericordioso? Poderíamos até ousadamente arriscar a dizer: são incontáveis!

Dar um bom conselho a alguém que tem dúvida. Ensinar os ignorantes, quantos conhecimentos, experiências, talentos e dons que você tem e que guarda somente para você?

Partilhe-os com seus irmãos. Ensine o caminho do amor, da verdade e do bem para aqueles que não conhecem. Ensine os mandamentos de Deus e da Igreja. Você pode fazer isso enviando uma pregação, uma catequese para um amigo, dando de presente um livro, etc. Façamos o mesmo exercício que fizemos na primeira parte destes textos.

Leia aqui: como ser testemunhas da Misericórdia? Obras de misericórdia corporais

O que você pode fazer?

Pense, por alguns segundos, em quantas pessoas você conhece que estão aflitas, angustiadas, com depressão ou sofrendo crises de ansiedade? A Igreja ensina: console os aflitos e assim você estará fazendo uma obra espiritual de misericórdia.

Convide um amigo aflito para tomar um café, escute-o e console-o e pronto. Realizastes uma obra espiritual de misericórdia. Será que você não está sofrendo alguma injustiça? Ofereça de coração a Deus essa injustiça, ofereça esse sofrimento pela salvação desta pessoa e estarás fazendo uma obra espiritual de misericórdia.

Reze apenas uma Ave Maria pelas almas do Purgatório e estarás realizando uma obra de misericórdia. Mas, podemos ser mais generosos e rezar um terço, oferecer um jejum, uma penitência ou encomendar uma missa pelas almas.

Perdoe alguém que, de alguma forma, te feriu com algum gesto ou uma palavra. Mas, lembre-se, o perdão não é um sentimento, mas uma escolha. Escolha perdoar esta pessoa e realizarás uma obra espiritual de misericórdia

O simples feito com amor

Basta um pouco de desejo sincero, criatividade e pequenas ações concretas para realizarmos grandes coisas na vida de outros que estão ao nosso redor.

Peçamos ao Espírito Santo esta criatividade misericordiosa e esta disposição para vivermos bem este tempo de Pentecostes de misericórdia. Disse Jesus a Santa Faustina: “A humanidade não encontrará paz, enquanto não se voltar com confiança para a Minha misericórdia” (Diário, 300).

Que possamos nós, em primeiro lugar, nos voltarmos com confiança para o trono da graça do Senhor, o trono da misericórdia e conosco levar todos aqueles que estão em nossa volta, não somente com palavras, mas com palavras e ações!

 

Jesus, eu confio em Vós!

Rafael Costa, missionário da Aliança de Misericórdia

 

Leia também:

 

0 Comments

    Leave a Comment

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password