Missa e benção da Pedra Fundamental da Cidade Rahamim

Na última semana, a Cidade Rahamim teve um destaque na família Aliança de Misericórdia. No dia 18, houve a coletiva de imprensa, para apresentação do projeto ao município de Salto/SP, cidade onde está acontecendo a construção. Já no domingo (21), foi a Missa e benção da Pedra Fundamental, sendo presidida pelo bispo da Diocese de Jundiaí, Dom Vicente Costa.

Leia aqui: Apresentação da Cidade Rahamim ao Município de Salto

No domingo, a Missa campal aconteceu no terreno da Cidade Rahamim, contando ainda com a presença do Pe. João Henrique, fundador, padres da Aliança e da própria diocese, do diácono Dimas (paróquia São Roque) e do Pe. Danilo, da diocese de Piracicaba, para concelebração. Além disso, presencialmente, estavam autoridades municipais, benfeitores do projeto e os primeiros moradores do terreno.

Assista aqui a transmissão da Santa Missa e benção da Pedra Fundamental

De forma muito acolhedora, dom Vicente iniciou a Santa Missa pedindo para que o Pe. João Henrique pudesse apresentar o sonho da Cidade Rahamim, para que todos os momentos vividos naquela ocasião marcante pudessem ser celebrados de forma digna, e “em clima de amizade e familiaridade”, em suas palavras.

Por sua vez, padre João Henrique também mencionou sua gratidão às autoridades locais, pela adesão às obras do Carisma: “Fomos acolhidos de uma forma muito bonita aqui em Salto, seja pela Igreja ou pelas autoridades da cidade. Sinto que essa cidade é realmente um ponto de comunhão (…) Esta cidade, chamada Cidade Rahamim, é um lugar de alegria e perdão”.

Durante a homilia, dom Vicente disse: “Na liturgia de hoje, Deus colocou um sinal para mostrar a aliança de amor, de fidelidade e de misericórdia entre Ele e a humanidade. Todos nós acolhemos com muita alegria estra Cidade Rahamim, que significa entranhas, porque aqui é um sinal do amor entranhado de Deus, misericordioso (…) Estou surpreso de como vocês conseguiram, em pouco tempo, tornar mais visível esse sinal: o arco íris de Deus, sinal da misericórdia no meio de nós (…) Certamente, essa é uma obra do Espírito Santo”.

Antes da benção final, aconteceu o rito da benção da Cruz e da Pedra Fundamental, onde, inclusive, foi o altar da Santa Missa. Nesse momento, o bispo lembrou a todos os participantes: “Somos todos pedras vivas na Igreja”.

Certamente, de forma simbólica, esse dia está marcado para a família Aliança de Misericórdia, que há 21 anos atua como expressão do amor misericordioso de Deus e vê na Cidade Rahamim o potencial coração do Movimento. Assista aqui a transmissão desse de Marco.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password