Como Santa Teresinha se livrou do “ranço” por outra irmã

Autor: Live Laugh Love-Pixabay.

Sabe aquela pessoa pela qual você tem sentimentos negativos? Hoje dizemos “ranço”, mas, podemos falar em antipatia e até raiva. Siga os passos de santa Teresinha para se livrar deste sentimento. Se quiser, claro!

Amar os inimigos

Há na comunidade uma irmã que tem o talento de me desagradar em todas as coisas; os seus modos, as suas palavras, o seu carácter eram-me muito desagradáveis.

No entanto, é uma santa religiosa, que deve ser muito agradável ao bom Deus; assim, não querendo ceder à antipatia natural que sentia, disse a mim própria que a caridade não devia ser composta por sentimentos, mas por obras.

Decidi então fazer por esta irmã aquilo que faria pela pessoa que mais amasse. Cada vez que a encontrava, rezava ao Senhor por ela, oferecendo-Lhe todas as suas virtudes e méritos.

Sentia que isso agradava a Jesus, pois não existe artista que não goste de receber louvores pelas suas obras e Jesus, o artista das almas, fica feliz quando não nos detemos no exterior, mas, penetrando até ao santuário íntimo que Ele escolheu para morar, admiramos a sua beleza.

Não me contentava em rezar muito pela irmã que me suscitava tantos combates, obrigava-me a fazer-lhe todos os favores possíveis e, quando tinha a tentação de lhe responder de modo desagradável, contentava-me em lhe fazer o meu sorriso mais amável e fazia por desviar a conversa. […]

E também muitas vezes […], tendo algumas relações de trabalho com essa irmã, quando os embates eram demasiado violentos, fugia como um desertor. Como ela ignorava totalmente o que eu sentia por ela, nunca desconfiou dos motivos da minha conduta e continua persuadida de que o seu carácter me agrada.

Um dia, no recreio, disse-me mais ou menos estas palavras com um ar muito contente: “Pode dizer-me, irmã Teresa do Menino Jesus, o que a atrai tanto em mim, pois de cada vez que olha para mim vejo-a sorrir?” Ah, o que me atraía era Jesus, escondido no fundo da sua alma. Jesus torna doces as coisas mais amargas.

(Santa Teresinha do Menino Jesus, Manuscrito autobiográfico C 13 v°-14 r°)

Pode interessar:
3 dicas de Santa Teresinha para o caminho de santidade

Como Santa Teresinha compreendeu a comunhão dos santos

Santa Teresinha além das rosas

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password