Quem foi a primeira pessoa a fazer a Via Sacra?

Com certeza a tua curiosidade o levou a acessar esta matéria, para saber quem foi a primeira pessoa a fazer a Via Sacra. Venha conosco neste caminho rumo à Páscoa do Senhor. A informação vem das experiências feitas pela mística Beata Ana Catarina Emmerich. Foi através de seus escritos que Mel Gibson compôs o roteiro e a direção do filme “Paixão de Cristo”.

Quem foi Ana Catarina Emmerich

Ana Catarina nascida na Alemanha (1774-1824), desde tenra idade foi atraída pela vida de oração. Na juventude entrou para uma comunidade religiosa, que mais tarde acabou fechando as portas por causa da secularização.

Foi trabalhar de empregada doméstica na casa de um padre e lá começou a ter as primeiras experiências místicas.

Recebeu a graça dos estigmas, que lhe provocavam dores atrozes, mas vivia com muita simplicidade e amor. Era uma mulher acolhedora e caridosa para com todos.

Nos momentos de êxtase teve algumas visões de alguns momentos bíblicos e uma delas foi da Paixão de Cristo.

Um dos trechos mais comoventes é quando relata a Virgem Maria acompanhando o Filho à caminho da morte, é comovente e é de grande fortalecimento espiritual, fazendo com que aumente o nosso sentimento de piedade.

Ao acompanhar a narração percebemos que foi a Mãe Deus a primeira a percorrer a via dolorosa, contemplando seu Jesus na sua obra de redenção.

Vida, Paixão e Glorificação do Cordeiro de Deus”

Assim relata a beata Ana Catarina:

“Durante toda a acusação perante Pilatos, a Mãe de Jesus, Madalena e João ficaram no meio do povo, num canto das arcadas do Fórum, ouvindo com profunda dor a gritaria raivosa dos acusadores.

Quando Jesus foi conduzido a Herodes, João voltou com a Santíssima Virgem e Madalena por todo o caminho da Paixão.

Foram até a casa de Caifás e a de Anás, atravessando Ofel, até chegarem ao Getsémani, no monte das Oliveiras e em todos os lugares onde ele caíra ou onde lhes tinham causado um sofrimento, paravam e em silêncio choravam e sofriam com ele.

Muitas vezes a Santíssima Virgem se prostrava no chão, beijando a terra onde Jesus caíra, Madalena torcia as mãos e João, chorando, consolava-as, levantava-as e continuava com elas o caminho.

Foi esse o começo da Via Sacra e da contemplação e veneração da Paixão de Jesus, antes mesmo que estivesse terminada.

Foi nessa ocasião que começou, na mais santa flor da humanidade, na Santíssima Virgem Mãe de Deus e do Filho do homem, a devoção da Igreja às dores do Redentor.

Veja também: Qual devoção mariana combina com você?

A Mãe regava com lágrimas as pegadas do Filho

Já naquele momento, quando Jesus ainda trilhava o caminho doloroso da Paixão, a Mãe cheia de graça venerava e regava com lágrimas as pegadas de seu Filho e Deus.

Oh, que compaixão! Com que violência lhe entrou a espada no coração, ferindo-o sem cessar! Ela, cujo bem-aventurado seio trouxera, que concebera, acariciara e nutrira o Verbo, que era desde o princípio com Deus e era mesmo Deus.

Ela, que em si lhe tivera e sentira a vida, antes que os homens, seus irmãos, lhe recebessem a bênção, a doutrina e a salvação, ela participava de todos os sofrimentos de Jesus, inclusive a sua sede da salvação dos homens, pela dolorosa Paixão e Morte”.

Segundo Fonte do livro “Vida, Paixão e Glorificação do Cordeiro de Deus” e Vatican.va

Veja também: Padre Antonello fala de como seguir os passos de Maria

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password