O olhar que vem da Eucaristia

Certa vez, depois de uma confissão bem feita, minhas lágrimas eram abundantes por causa do alívio vindo do perdão.

Como as lágrimas não cessavam, o padre, muito sabiamente, disse-me: “Filha, a tua penitência será ficar em frente à Eucaristia por uma hora. Sabe, o pecado é como um câncer; quando não tratamos silenciosamente ele se espalha e quando percebemos estamos em risco de morte.

Estar na frente de Jesus Eucarístico é como fazer uma sessão de radioterapia; o olhar de Cristo vai até a minha alma doente e aos poucos vai fazendo com que aquele mal não cresça mais”.

Depois daquele dia, cada momento em frente de Jesus Eucaristia é especial. O pão consagrado irradia graça e misericórdia, mesmo se não digo nada.

Você que procura um caminho seguro de reestruturação interior, um momento de paz, a adoração silenciosa é um santo remédio!

O olhar que cura

Os evangelhos registram de forma significativa a ação do olhar de Jesus que provoca uma série de reações:
• O olhar que suscita uma escolha (Mc 10, 21-22): “Jesus fixou nele o olhar, amou-o e disse-lhe: “Uma só coisa te falta; vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me. Ele entristeceu-se com estas palavras e foi-se todo abatido, porque possuía muitos bens”.

• Olhar que vê além das aparências (Lc 21, 1-3): “Levantando os olhos, viu Jesus os ricos que deitavam as suas ofertas no cofre do templo. Viu também uma viúva pobrezinha deitar duas pequeninas moedas, e disse: Em verdade vos digo: esta pobre viúva pôs mais do que os outros”.

• Olhar, espelho da alma (Lc 22, 61-62): “Voltando-se o Senhor, olhou para Pedro. Então Pedro se lembrou da palavra do Senhor: Hoje, antes que o galo cante, negar-me-ás três vezes. Saiu dali e chorou amargamente”.

Como Jesus me olha?

Poderia aqui mostrar muitas outras passagens para ilustrar esta ação, mas quero me ater à estas onde há um encontro e um zelo de Cristo.

Quando estamos diante da Eucaristia, vivemos um encontro olho no olho com o Salvador. Não é preciso fazer muito esforço para que Ele te olhe, basta estar ali. O jovem rico queria uma resposta aos seus anseios e ele a encontrou.

A viúva estava na sua rotina de fidelidade a Deus, sem imaginar que o próprio Senhor daria à ela tanta importância, que a tomaria como exemplo de entrega para todos os cristãos de todos tempos.

Pedro também achava que não estava sendo visto, mas, quando seus olhos cruzaram com os do Senhor, viu todas as suas obras, chorou e se arrependeu.

Se deixe encontrar

Minha proposta para você que procura resposta e alento é esta: se deixe encontrar! Vá até uma capela, nem que seja por uns minutos, olhe para Ele e se deixe observar.

Muitas vezes Jesus Eucarístico me mostrou o que eu deveria mudar, o que deveria fazer em situações difíceis e até mesmo curou-me de feridas interiores.

Não existem fórmulas perfeitas para a adoração, porém, a que aconselho é o silêncio. Seremos tentados a levar o celular para escutar música ou um livro para desligar do mundo fora e isso no começo pode ajudar, mas o silêncio deve tomar a maior parte do tempo.

Faça uma oração de entrega do tipo “Senhor, te entrego minha vida, meus planos, minha família nas tuas mãos. Dá-me serenidade. Quero ser só teu/tua neste momento” e fique ali, no único lugar da terra que importa para você neste momento.

Tenho certeza que você vai se surpreender. Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo! Para sempre seja louvado.

Por Fernanda Tabosa

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password