Nova beata brasileira – heroína da castidade

A beatificação da mártir brasileira, Benigna Cardoso, foi confirmada para o dia 21 de outubro. Conhecida como “heroína da castidade”, morreu aos 13 anos assassinada por um jovem que a assediava.

Martir de Santana do Cariri, Ceará

A cidade de origem em Santana do Cariri no Ceará está em clima de comemoração. Segundo a Diocese, o rito de celebração acontecerá na igreja da Sé, Catedral de Nossa Senhora da Penha, no Crato.

A cidade cearense se prepara para receber cerca de 40 mil fieis na romaria tradicional em homenagem a Benigna Cardoso, que será no dia 24 de outubro. Venerada por sua pureza e castidade recebeu um memorial e monumento no local da morte.

Biografia da mártir

Benigna Cardoso da Silva nasceu em 15 de outubro de 1928, em Santana do Cariri (CE). Em 24 de outubro de 1941, aos 13 anos, foi assassinada, após se recusar a ter relações sexuais com um adolescente.

Segundo consta, a menina saiu de casa para buscar água a poucos metros de sua casa, como costumava fazer. Porém, foi abordada por Raul Alves, que a golpeou com um facão depois que ela resistiu a suas tentativas de ter relação sexual.

Na época do assassinato, conforme conta Vatican News, o Pe. Cristiano Coelho Rodrigues, que fora mentor espiritual da jovem, escreveu a seguinte nota ao lado do registro de batismo de Benigna: “Morreu martirizada, às 4 horas da tarde, no dia 24 de outubro de 1941, no sitio Oiti. Heroína da Castidade, que sua santa alma converta a freguesia e sirva de proteção às crianças e às famílias da Paróquia. São os votos que faço à nossa santinha”.

Desde então, vem aumentando a devoção à menina. Em 2004, teve início a Romaria da Menina Benigna, que acontece de 15 a 24 de outubro e entrou para o calendário oficial do estado do Ceará em junho de 2019.

Benigna, exemplo para jovens do movimento

A pequena Benigna é exemplo de castidade, obediência e santidade. A devoção à sua pessoa no Ceará é muito forte diante tamanho marco na história local. A Aliança de Misericórdia está presente no estado, contando com a participação de muitos jovens no Movimento. E segundo um deles, Wesley de Morais, que participa da Aliança há 5 anos, relatou a respeito da “heroína da castidade”:

São traços de pequenez, a própria simplicidade e humildade que nos leva para o coração de Deus. Ela nos fala do céu aqui no Ceará, em pureza e santidade. E ouso a falar que ela é da Geração Acordi, que soube ser filha e ter sabedoria sobre o propósito de vida. Ela nasceu para ser seta guiando-nos rumo ao céu”.

Fonte: ACI Digital

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password