fbpx

Em Maria encontramos a missão de cada mulher

Como Maria fez a vontade de Deus e se tornou a mulher mais importante da história? Nesse dia 08 de março, vamos refletir sobre a Nova Eva que, pela obediência, fé e amor participou ativamente do processo de redenção de toda a humanidade.

Desde 1975, a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher. A data recorda o caminho da busca de diretos para as mulheres.

Por isso mesmo, neste dia, recordamos Maria, o maior exemplo de mulher que já pisou a Terra, mulher forte, capaz de ficar aos pés da cruz de seu Filho.

Mulher que soube não buscar seus privilégios e direitos, mas dedicar sua vida a algo maior, mulher que soube fazer a vontade de Deus e assim foi elevada não só como a maior mulher, mas como a maior criatura que já pisou nesse mundo, abaixo apenas de Deus.

Maria é a mulher elevada ao título de Mãe de Deus, Rainha dos anjos e dos homens e Porta do Céu.

Um exemplo para todos as mulheres no mundo todo, Maria soube ouvir a voz de Deus através do Anjo Gabriel e ao pronunciar o seu “Fiat”, possibilitou que toda a criança, toda a humanidade fosse liberta da escravidão do pecado ao acolher em seu seio o Deus Encarnado.

O “Sim” de Maria parece ecoar no coração de cada jovem que tem a sua experiência com Deus. O desejo de ser mais de Deus. O “Sim” de Maria nos incentiva a dar o nosso “sim” a Deus e a dizermos alegremente: “Faça-se em mim segunda a Tua Palavra”. O “Sim” de Maria incentivou uma multidão de santas na história da Igreja a darem suas vidas completamente a Deus.

Um “sim” profundo, um “sim” completo de quem encontrou o Amor e quer corresponder a esse Amor infinito.

A vida de Maria é um grande exemplo para nós de como fazermos a vontade de Deus em todos os momentos da nossa vida. Ela nos ensina a confiarmos em Deus e a deixá-Lo ser o protagonista de nossa história.

Ela nos ensina a sermos mães que amam e educam seus filhos, exemplo da alegria cristã que anuncia a misericórdia de Deus.

Maria foi uma mulher que soube fazer a vontade de Deus quando foi apressadamente visitar e cuidar de sua prima Isabel e assim cumpriu uma obra de misericórdia.

Ela que foi um exemplo de determinação, enfrentando todas as dificuldades da viagem para Belém sem murmurar e mesmo sem as condições adequadas, disse “sim” alegremente e cumpriu seu papel trazendo à vida o Verbo Encarnado.

Seu silêncio é um grande exemplo para nós, o silêncio paciente de quem busca em Deus as respostas, de quem se recolhe na oração para compreender os mistérios que a mente humana não é capaz de entender.

Maria, acima de tudo, foi um exemplo de confiança. Em todos os momentos da sua vida, ofertou tudo a Deus, guardou em seu coração os grandes acontecimentos que presenciou. Em suas dores, entregou seu Filho ao Pai, nas alegrias soube louvar a bondade de Deus.

Maria Santíssima trouxe o louvor a Deus em todas as áreas do seu ser, em sua alma, onde guardava tudo, no coração. Nas dores, aceitando a Cruz com seu Filho, na alegria, ou seja, toda sua vida foi voltada para fazer a vontade de Deus, desde o nascimento até a sua assunção. Em tudo ela buscou dar Glória a Deus!

Esse é o maior exemplo que poderia dar a todas as mulheres do mundo! Nossa vida é um dom precioso de Deus e não há alegria maior em consumi-la por amor a Ele, proferindo em cada instante, o mesmo “Sim” que Maria deu há cerca de dois mil anos, mas dizendo dessa vez: “sim, como Maria, eu quero que seja feita Tua vontade na minha vida!”.

 

0 Comments

    Leave a Comment

    vinte + 9 =

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password