“Senhor, dizei uma palavra”

“Entrando Jesus em Cafarnaum, dirigiu-se a ele um centurião, pedindo-lhe ajuda. E disse: “Senhor, meu servo está em casa, paralítico, em terrível sofrimento”.
Jesus lhe disse: “Eu irei curá-lo”. Respondeu o centurião: “Senhor, não mereço receber-te debaixo do meu teto. Mas dizei apenas uma palavra, e o meu servo será curado.

Pois eu também sou homem sujeito à autoridade, com soldados sob o meu comando. Digo a um: ‘Vá’, e ele vai; e a outro: ‘Venha’, e ele vem. Digo a meu servo: ‘Faça isto’, e ele faz”.

Ao ouvir isso, Jesus admirou-se e disse aos que o seguiam: “Digo-lhes a verdade: Não encontrei em Israel ninguém com tamanha fé.

Eu lhes digo que muitos virão do Oriente e do Ocidente, e se sentarão à mesa com Abraão, Isaque e Jacó no Reino dos céus.

Mas os súditos do Reino serão lançados para fora, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes”.
Então Jesus disse ao centurião: “Vá! Como você creu, assim lhe acontecerá! ” Na mesma hora o seu servo foi curado. (Mt 8, 5-13)

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password