Segunda Chave para um Pentecostes de Misericórdia – Orar

A “chave” por excelência para abrir as comportas do Céu e as portas do coração à sua infinita Misericórdia chama-se oração! Segunda chave para um novo Pentecostes de Misericórdia é a oração

ORAR

O “Pentecostes” é a resposta de Deus para os corações que oram. Diz a Palavra de Deus “todos estes, unânimes, PERSEVERARAM NA ORAÇÃO, com algumas mulheres, entre as quais MARIA, a Mãe de Jesus, com os seus irmãos” (At 1,14).

Esta é a característica da primeira comunidade cristã e de todo cristão autêntico: “Eles se mostravam assíduos ao ensinamento dos apóstolos, à comunhão fraterna, à fração do pão e às orações… ” (At 2, 42).

Sabemos que toda a vida cristã se resume, como dizia o Cura D’Ars , em duas palavras : “Orar e Amar”. Na oração recebemos o Amor de Deus que, desta forma pode transbordar nos irmãos como caridade fraterna.

Orar é “acolher” o Amor pois Deus é Amor, e como poderíamos amar se antes não recebêssemos este amor? Pela oração o Coração de Deus vive e pulsa em nós, para podermos amar de verdade.

Em cada Eucaristia que recebo, sempre peço : “Senhor, eu não sei amar, dá-me o Teu Coração, dá-me o Teu Amor, ama em mim, vive em mim Jesus !”

A Palavra nos diz : “Nisto consiste o amor : não fomos nós que amamos a Deus mas foi Ele que nos amou primeiro…” (I Jo 4,10). Orar é deixar-se amar por Deus, permanecer na Sua Presença.

Orar é o respiro da alma

Sem oração a alma murcha, seca, morre…como uma planta sem água.
Por isso, precisamos ORAR, ORAR, ORAR ! Orar para experimentar o poder de Deus e do seu Espírito na nossa vida : “Pedi e vos será dado, buscai e achareis…O PAI DARÁ O ESPÍRITO SANTO ÀQUELES QUE O PEDIREM» (Lc 11, 9-13).

ORAR para não cair em tentação (Lc 22,40) pois não é pelo nosso esforço, mas pela graça que podemos superar as provações da vida e as tentações do inimigo !

ORAR sem cessar (I Ts 5,17) e sem cansar, como Moisés que ficava de braços levantados, para conseguir a vitória contra os amalecitas e não podia abaixá-las, pois pela sua intercessão Israel alcançava a vitória. (cf. Ex 17,1ss).

Precisamos orar, orar, orar…permanecer em oração sem parar, sem cansar, sem desistir, ao longo deste tempo de Cenáculo para que o nosso viver, amar, trabalhar seja oração. Como nos ensina Santo Agostinho, se contínuo é o nosso desejo de Deus, contínua é a nossa oração.

Várias formas de orar

Posso ajudar-me de várias formas para permanecer na oração, com a ajuda de breves jaculatórias ao longo do dia: “Jesus, te amo”…”Só por ti Jesus”…”Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim pecador”.

Posso dedicar algum momento à oração em línguas ao levantar-me, no ônibus, andando na rua…posso parar algum momento descansando na presença da Eucaristia ou espiritualmente como me ensinou um santo frei capuchinho da minha cidade na Itália: ele permanecia em oração repetindo serenamente “Senhor meu e Deus meu, em mim tu és, em ti sou eu !”

Enfim, orar sem cessar significa permanecer na Presença dAquele que é Amor, viver, trabalhar, agir, relacionar-se, descansar…permanecendo no Amor, mergulhado no infinito oceano da sua Misericórdia !

Seja esta a chave e o propósito deste segundo dia do nosso Cenáculo de Amor, na espera do Pentecostes de Misericórdia que o Senhor prepara para nós neste tempo de Graça : PERMANEÇAMOS EM ORAÇÃO !

“VEM ESPÍRITO SANTO ! VEM ESPÍRITO DE AMOR !”

“PAI SANTO, EM NOME DE JESUS, ENVIAI VOSSO ESPÍRITO SANTO!’

Minha benção,
Pe. João Henrique

Veja também qual é a primeira chave para viver um Pentecostes de Misericórdia

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password