Saiba a origem da Folia de Reis

Folia de Reis, realizada na oitava de Natal, é uma tradição cristã de origens portuguesa e espanhola trazida para o Brasil, provavelmente no século XIX. O intuito é de celebrar a visita dos três reis magos (Gaspar, Melchior – ou Belchior – e Baltazar) ao menino Jesus.

“Tendo, pois, Jesus nascido em Belém de Judá, no tempo do rei Herodes, eis que magos vieram do Oriente a Jerusalém. Perguntaram eles: “Onde está o rei dos judeus que acaba de nascer? Vimos a sua estrela no Oriente e viemos adorá-lo”.

“Tendo eles ouvido as palavras do rei, partiram. E eis que a estrela, que tinham visto no Oriente, os foi precedendo até chegar sobre o lugar onde estava o menino e ali parou. A aparição daquela estrela os encheu de profunda alegria. Entrando na casa, acharam o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se diante dele, o adoraram. Depois, abrindo seus tesouros, ofereceram-lhe como presentes: ouro, incenso e mirra.”

Mateus 2, 1-2.9-11

Origem da Tradição

O dia 06 é celebrado a Epifania do Senhor, quer dizer, a solenidade da manifestação de Jesus aos povos, estes representados nas pessoas dos três reis magos. Estudos mais recente apontam que eles, mais do que personagens de midrash (contos judaicos), existiram de fato. (ver texto da Aleteia

A Tradição cristã confirma que na ocasião Balthasar, Melchior e Gaspar se converteram ao Senhor. Por isso, consevaram a devoção aos reis magos, e desde o século V, os cristãos de Constantinopla conservavam os restos mortais dos três. Hoje as relíquias estão na cidade de Colônia, Alemanha, na Catedral dos Reis Magos.

No dia da solenidade, os católicos de todo o mundo retiram as árvores, presépios, adornos e decorações natalinas, marcando o início do tempo comum.

Espanha e Portugal

Folia de Reis no entanto é uma tradição cristã de origens portuguesa e espanhola trazida para o Brasil, provavelmente no século XIX.

Na Espanha o dia é celebrado até hoje e os Reis recebem uma curiosa atribuição: para as crianças espanholas não é o Papai Noel quem dá os presentes, mas sim os Reis Magos.

Ator vestido de Rei Mago. Barcelona/Espanha (Foto: Vicnaba/flickr).

Sim, os presentes de Natal são entregues às crianças no dia 06 de janeiro. Em muitas cidades acontecem desfiles com carros alegóricos com os três reis e seus ajudantes distribuindo doces e chocolates.

O desfile mais famoso acontece em Madrid chamado de Cavalgada dos Reis Magos e é transmitido pela TV.

Já em Portugal nos vilarejos (cidades menores) é comum grupos de vizinhos se reúnem e saem às ruas para “Cantar os Reis” (canções tradicionais sobre a vida de Jesus e saudações à família e donos da casa).

Bolo Rei tradicional em Portugal. Quem encontrar uma fava produzirá o bolo na festa do próximo ano. (Foto: Flickr)

Com instrumentos como o reco-reco, os ferrinhos, o bombo, o acordeão e a viola cantam e alegram os arredores. É servido alimento e bebida. Também é tradição comer o famoso bolo de frutas secas chamado de Bolo Rei.

Folia de Reis no Brasil

Normalmente a festa dura 12 dias a contar de 24 de dezembro (véspera do nascimento de Jesus) até o dia 06 de janeiro, quando os reis magos chegam a Belém. 

Grupos saem pelas ruas cantando e festejando a visita dos reis. (Foto: Flickr)

Nas cidades que vivem a tradição da festa dos reis é comum que os grupos de foliões visitem as casas nesse dia, tocando músicas e dançando para celebrar o nascimento de Jesus e o encontro com os três reis magos. Em troca, as pessoas oferecem comidas e prendas.

O grupo é formado pelo mestre ou embaixador, o contramestre, os três reis magos, os palhaços, os alfeires e os foliões.

Além disso, cada grupo por vez realiza um desfile pelas ruas sempre em grande estilo. Saem com fantasias multicoloridas, ao som de canções típicas, tocadas com instrumentos como violas, reco-reco, tambores, acordeões, sanfonas, pandeiros, gaitas, etc. além de dançarem alegremente.

Alguns grupo investem em apresentações teatrais e declamação de versos. Ao final de cada desfile pode acontecer a celebração da Santa Missa. Vale lembrar que em alguns locais o grupo é chamado de “Ternos de Reis”. Durante o dia, diversas barracas com comidas, bebidas, jogos e lembranças enchem as cidades com essa tradição.

Instrumentos, músicas e danças. Muita alegria na festividade.

Cada cidade têm o seu jeito, com costumes diferentes, ou seja, as comidas típicas, músicas, brincadeiras e danças variam consoante o local que ocorrem.

Os Estados onde essa tradição está mais presente são: Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo e Goiás.

Oração aos Reis Magos

“Ó amabilíssimos Santos Reis, Baltazar, Melquior e Gaspar! Fostes vós avisados pelos Anjos do Senhor sobre a vinda ao mundo de Jesus, o Salvador, e guiados até o presépio de Belém de Judá, pela Divina Estrela do Céu. Ó amáveis Santos Reis, fostes vós os primeiros a terem a ventura de adorar, amar e beijar a Jesus Menino, e oferecer-lhe a vossa devoção e fé, incenso, ouro e mirra. Queremos, em nossa fraqueza, imitar-vos, seguindo a Estrela da Verdade. E descobrindo a Menino Jesus, para adorá-lo. Não podemos oferecer-lhe ouro, incenso e mirra, como fizestes. Mas queremos oferecer-lhe o nosso coração contrito e cheio de fé católica. Queremos oferecer-lhe a nossa vida, buscando vivermos unidos à sua Igreja. Esperamos alcançar de vós a intercessão para receber de Deus a graça que tanto necessitamos. (Em silêncio fazer o pedido). Esperamos, igualmente, alcançarmos a graça de sermos verdadeiros cristãos. Ó bondosos Santos Reis, ajudai-nos, amparai-nos, protegei-nos e iluminai-nos! Derramai vossas bênçãos sobre nossas humildes famílias, colocando-nos debaixo de vossa proteção, da Virgem Maria, a Senhora da Glória, e São José. Nosso Senhor Jesus Cristo, o Menino do Presépio, seja sempre adorado e seguido por todos. Amém!”

Com informações de:

CNBB

Quatro Cantos do Mundo

Mapfre Notícias

Cruz Terra Santa

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password