fbpx

O coração de Nosso fundador – Parabéns Padre Henrique!

No próximo dia 09 de fevereiro, nossa Comunidade estará em festa ao celebrar a vida de um dos nossos fundadores, o Padre João Henrique, nosso pastor! E esse pastoreio tem como base o Amor.

De fato, é o amor por Deus que faz desse homem um apaixonado… pela Palavra, pelo ser humano, mesmo em suas misérias, amante da natureza que inspira a arte. Sua vida é um dom entregue, sempre voltada para o outro e seu jeito criativo de amar não deixa que ninguém passe despercebido, seja ele rico ou pobre.

Se quisermos compreender uma gotinha do que está contido em seu coração, podemos encontrar nas páginas do livro Oceano da Misericórdia Infinita, de sua autoria, aquilo que transbordava ainda antes do início da Comunidade, quando tudo era um sonho.

Nestas páginas encontramos o “pequeno Enrico”, que se coloca como um aprendiz da escola do Espírito, de Maria, da Palavra e dos Pobres.

Esse mover faz com que ao preparar um encontro, uma homilia ou até mesmo um prato gostoso de sua culinária italiana, tenha seu toque criativo de amor.

Numa palestra sempre nos surpreende com sua colocação animada e expressiva, com uma pequena piada! Se ele descobre o prato predileto de alguém, pode saber que ele se arriscará na cozinha para amar!

Seu amor pela Palavra faz com que ele “transborde”, para que o outro possa viver o mesmo; algo tão arraigado nele e no nosso Carisma, por isso a pulseira da Palavra, a Palavra do mês, os bilhetinhos com trechos bíblicos espalhados pela casa.

Um homem que ama! Se perguntarmos ao padre Henrique o que mais gosta de fazer, certamente responderá: “de tudo!”. Não temos a dimensão de seu tudo, pois é amplo, mas uma coisa é certa: esse homem tem “o coração vasto como as areias do mar” (1Rs 4,29), tem um coração que não cabe em si, mas onde cabe a todos!

Somos agradecidos por sua vida que nos gera e que nos conduz a Deus, ensinando-nos a olhar para a misericórdia todos os dias, miseráveis alcançados por esse amor, na alegria de sermos pobres e d’Ele recebendo tudo.

“O que é necessário para fazer um santo? Um pecador arrependido” (pe. João Henrique).

Felicidades, querido padre!!!

0 Comments

    Leave a Comment

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password