Não há folga para quem é “do lar”

Qual mulher não se deparou com esta frase: “Você fica em casa direto, não pensa em trabalhar? Ninguém mais do que uma dona de casa para saber o “duro danado” que é o trabalho doméstico. As mãe trabalham muito,mas quanto? Uma empresa americana resolveu calcular a jornada e o resultado impressiona. 

Tem folga para a mãe?

A pesquisa foi feita pela companhia Welch’s com 2.000 mães americanas com filhos entre 5 e 12 anos de idade. Primeiro o dia começa às 6h20 am e termina às 20h30 pm. Ou seja, uma jornada de trabalho de 19h/dia.

Nem pensar em folga, muito menos no final de semana. A média de trabalho semanal é de 98 horas e agenda está sempre cheia sem tempo para cuidar de si mesma; a média de cuidados pessoais por dia é 1 hora e 7 minutos (banho e alimentação).

“Os resultados da pesquisa apenas realçam como o papel da mãe pode exigir muito e como as tarefas são intermináveis”, disse Casey Lewis, líder de saúde e nutrição na companhia Welch’s, ao Yahoo.

135 horas por semana

Num vídeo que está disponível no YouTube a empresa, American Greetings, criou um anúncio de trabalho falso para atrair candidatos.

A entrevista foi feita por computador “esse era o trabalho mais importante de todos” disse o entrevistador e continuou descrevendo os requerimentos:

  • Trabalhar no mínimo 135 horas por semana, basicamente 7 dias na semana, o dia todo;
  • Trabalhar em pé praticamente o tempo todo;
  • Constantemente se curvando e se esforçando;
  • Alto nível de energia;
  • Sem tempo de folga;
  • Sem muito tempo para dormir;
  • Horário de almoço só quando o associado terminou de almoçar;
  • Feriados como Natal e Ano Novo, o trabalho irá apenas aumentar;
  • Excelente poder de negociação e habilidades interpessoais;
  • Formação em medicina, finanças e gastronomia;
  • Ficar acordado com o associado se ele não dormir à noite;
  • Trabalhar em um ambiente caótico;
  • Basicamente, você tem que doar sua vida pelo trabalho.

“Não haverá uma compensação monetária. Porém, as conexões fortes que serão feitas e o sentimento de ajudar o associado será de um valor imensurável”.

Claro que os candidatos ficaram extremamente assustados, até que o entrevistador revela que milhões de pessoas já ocupam essa vaga: as mães.

Os dados desta pesquisa são das mãe americanas, mas vale a pena fazer uma enquete com as mãe brasileiras; quantas sustentam a família, fazem uma jornada dupla; a doméstica e a registrada.

Acordam muitas vezes antes do sol, enfrentam os congestionamentos dentro do transporte público e ao chegar em casa, só à noite, ainda devem dar conta de todo trabalho de casa e com os filhos.

Que sacrifício majestoso é feito por estas mulheres que todos os dias dão a vida, no silêncio e no escondimento, assim como Maria oferecem por amor o cuidado que têm para com o filho dado por Deus.

Louvamos a Deus por cada mãe!

Segundo fonte de Familia.com.br

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password