fbpx

Igrejas profanadas no Chile: querem destruir a cultura cristã

Querem calar a nossa voz e destruir não apenas nossas Igrejas, mas a própria cultura cristã. É tempo de levantar a nossa voz em defesa dos valores evangélicos.

Guerra contra os cristãos

Queridos filhos,

Vivemos uma guerra violenta, sistemática e não divulgada pelas mídias, que é a crescente escala de violência e perseguição aos cristãos!

“Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, pois deles é o Reino dos céus”- Mateus 5:10

Nós não podemos ficar calados ou acomodados. ESTAMOS INCOMODADOS, INDIGNADOS!!

Não podemos permanecer entorpecidos, diante destes acontecimentos. Nem sermos passivos e omissos diante da cristo-fobia que cresce contra a Igreja de Cristo em manifestações, vandalismos e perseguições.

De volta à barbarie

Ontem, mais uma vez, manifestantes encapuzados gritavam “Deixa cair, deixa cair”, no Chile, durante o incêndio da igreja da Assunção, nas proximidades da Praça Itália. A igreja foi completamente queimada depois de ser atacada e, durante o incêndio e após o desabamento da estrutura, vários manifestantes comemoraram.

Não nos deixemos calar, devemos lutar pela liberdade de expressar nossa fé, de zelar pela igreja.

O ato foi realizado com a invasão de duas igrejas: a Capela dos Carabineiros San Francisco de Borja e a paroquia Asunción. As igrejas foram vandalizadas e profanadas com total desumanidade e desrespeito.

Assusta a violência da intolerância de quem acusa a igreja de intolerância!!!

Muitos querem negar esta sistemática perseguição contra o Cristo e Sua Igreja e os poucos que divulgam estas notícias não parecem incomodar-se, nem se indignar!

Perseguição religiosa

No Relatório Portas Abertas 2020, divulgado no site Vatican News, lemos:

Um em cada oito cristãos no mundo é discriminado e as perseguições dizem respeito a 260 milhões de pessoas em 73 países. (World Watch List 2020 da ONG Portas Abertas / Open Doors, apresentado na Câmara dos Deputados da Itália)

Até quando vamos nos calar, diante dessa cultura que vem se instaurando pelo mundo?

No ângelus em 2013 o Papa Francisco deixou uma mensagem aos jovens, que hoje quero lembrar para todos:

“Caminhem contra a corrente e tenham este orgulho de caminhar justamente contra a corrente.” Devemos ser “valentes” e a não ter “medo de ir contra a corrente”. (Papa Francisco no Ângelus do dia 23/06/2013)

Perante a total indiferença do mundo, a cada cinco minutos um cristão morre mártir por causa da fé: (Publicado em 2013)

Defendamos nossa fé

“Além da referência do martírio cristão – a cada cinco minutos alguém é assassinado no mundo apenas por causa da sua fé – o Papa Francisco teve ainda palavras para a generosidade dos que se oferecem aos outros:

“Quantos pais e mães todos os dias colocam em prática a sua fé oferecendo concretamente a sua vida pelo bem da família! Pensemos nisso: quantos sacerdotes, irmãos, irmãs religiosas realizam com generosidade o seu serviço pelo Reino de Deus! Quantos jovens renunciam aos seus interesses para se dedicarem às crianças, aos portadores de deficiência, aos anciãos… também eles são mártires! Mártires quotidianos! ” – Papa Francisco.

Há, acima de tudo, um martírio silencioso e cultural contra os cristãos.

Querem calar a nossa voz e destruir não apenas nossas Igrejas, mas a própria cultura cristã. É tempo de levantar a nossa voz em defesa dos valores evangélicos e as nossas mãos para intensificar nossa intercessão e jejum nesta batalha apocalíptica.

Pessoalmente mais me assusta o silêncio dos amigos, que o ” uivo ” dos lobos ou o barulho dos inimigos.

Padre João Henrique, fundador da Aliança de Misericórdia

Fonte:
Fundação AIS (Ajuda à Igreja que Sofre)
Vatican News
Facebook Church Pop Português

Sobre os protestos:
Portal G1

El País

Link Relatório 2017-2019 AIS – Ajuda a Igreja que sofre

0 Comments

    Leave a Comment

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password