Filmes de Natal que valem a pena!

filmes-de-natal
Filme: A Felicidade não se Compra

O Natal está chegando, um tempo de alegria, reflexão e esperança. No Natal comemoramos a festa d’Aquele que veio nos trazer a esperança, o Deus que se fez homem e habitou entre nós, o Deus Emanuel que caminha ao nosso lado.

É um tempo de oração, de caridade e de estarmos em família, de nos unirmos à família de Nazaré e adorarmos o Senhor.

Nesse tempo, surgem diversos filmes de Natal, em geral, que abordam romance, laços de amizade e família, o Papai Noel etc. Tudo isso é bonito e não devemos menosprezar, mas esse não é o verdadeiro “espírito do Natal”.

O Natal não é apenas presentes e festas, devemos sim, presentear quem amamos, nos alegrar com o nascimento do Menino Jesus, mas o verdadeiro “espírito do Natal” é a esperança que nasce nos corações humanos, é a mais profunda doação do Deus que se fez homem por amor a nós.

Para te ajudar nesse resgate, queremos recomendar dois filmes de Natal que não são muito divulgados, mas que representam de maneira incrível o real sentido dessa festa e o que o Senhor espera de nós nesse tempo.

Feliz Natal:

O primeiro filme de Natal se chama “Feliz Natal”, e narra a noite de Natal de 1914, onde durante a 1ª Guerra Mundial, Inglaterra e Alemanha fizeram 1 noite de cessar-fogo e inimigos se juntaram para cantar e comemorar o nascimento do Menino Deus.

É um filme, baseado em histórias reais, que fala por si próprio e nos mostra como o Natal de Jesus tem a capacidade de unir povos e acabar com conflitos.

Vale a pena assistir e meditar sobre o poder e a importância do Natal.

A Felicidade não se Compra:

Já o segundo filme de Natal é um clássico do cinema e se chama “A felicidade não se compra”. Essa é uma produção antiga, de 1946, ainda em preto e branco, mas de uma beleza e profundidade incríveis.

“A felicidade não se compra” narra a história de George Bailey, um homem que sonhou a vida inteira em sair de sua cidade e viajar o mundo mas, que devido a sua bondade e responsabilidade, acabou renunciando a seus sonhos para ajudar os outros.

O filme começa com George pensando em tirar a própria vida após cair em uma armadilha de Henry Potter e mostra diversas pessoas da cidade rezando por ele, para que fique bem. É quando aparece a figura do anjo Clarence que mostra para George o que seria a cidade se ele nunca tivesse existido.

Ao longo do filme é muito bonito notar os simbolismos e os valores apresentados, a primeira cena já nos mostra o poder da oração, especialmente quando vem daqueles que nos amam.

No filme, vemos o poder transformador que existe em uma pessoa que escolhe fazer o bem, o quanto cada pequeno gesto pode fazer a diferença na vida das pessoas e o quanto cada um de nós é único e precioso para Deus, pois ninguém pode fazer o que nós fazemos no mundo.

É possível encontrar também diversos elementos religiosos, como referências ao batismo, eucaristia e ressurreição.

Essa é uma produção que fala muito nos pequenos detalhes. Em momento algum ele aborda a Encarnação, mas em todo momento nos mostra o Cristo que nasce.

O filme começa e termina no Natal, mostrando a esperança que nasce nos corações humanos, a luz que ilumina nossas trevas e a caridade que une os homens.

Vale a pena assistir “A felicidade não se compra”, um filme que lhe ajudará a viver o Natal de forma mais profunda.

 

Dica Cultural:

O projeto “Bacon Podcast” criado por jovens católicos com o intuito de “falar da cultura pop sem viés progressista para fomentar e enriquecer o imaginário das pessoas e levá-las ao bom, belo e perfeito”, traz diversas dicas culturais através de podcast, posts no Instagram e artigos no site recém lançado.

Dentre as dicas, você encontra uma resenha e análise completa do filme A felicidade Não se Compra e outras recomendações de filmes de Natal.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password