fbpx

Estado Islâmico mata 27 pessoas em atentado numa igreja nas Filipinas

Igreja destruída por atentado à bomba
Igreja destruída por atentado à bomba.

Um ataque terrorista à Catedral de Nossa Senhora do Monte Carmelo, na cidade de Jolo, Filipinas deixou 27 mortos. O Estado Islâmico reivindicou o ato.

As lágrimas pelos mortos

O atentado aconteceu no domingo (27/01) durante a Missa. A região a cidade fica na província de Sulu, que pertence à Região Autônoma do Mindanao Mulçumano, e foi reivindicado pelo Estado Islâmico (Isis), segundo informações do site da Revista Veja.

Dom Lito Lampon, bispo emérito de Jolo, relatou à Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), que uma das duas bombas explodiu na entrada da Catedral, enquanto a outra no estacionamento em frente.

Tudo ocorreu durante a Santa Missa. A primeira bomba explodiu enquanto os fiéis cantavam o Aleluia – continua o prelado – a segunda, enquanto as autoridades respondiam ao fogo“. Infelizmente 27 pessoas perderam a vida e 77 ficaram feridas.

Forte mensagem enviada à AIS pelo administrador apostólico de Jolo, padre Romeo Saniel, que no momento do ataque encontrava-se, como também dom Lampon, na Reunião Plenária da Conferência Episcopal em Manila.

Leia mais: Cristianismo: a religião mais perseguida do mundo

A maioria das vítimas é composta de fiéis que vinham todos os domingos à Missa das 8h da manhã“, destaca o religioso pertencente à ordem dos Oblatos de Maria Imaculada.

Grande dor

Padre Saniel diz que o atentado é de motivação anticristã; morreram por causa de sua fé. “Não há palavras para descrever nossa dor. Pedimos que rezem pelas vítimas e seus entes queridos, bem como pelas famílias dos soldados que perderam a vida tentando dar segurança à nossa catedral”.

Como Ajuda à Igreja que Sofre denunciou várias vezes, há anos na região de maioria islâmica de Mindanao, os cristãos sofreram ataques horríveis de extremistas islâmicos e separatistas de Abu Sayaf, filiados ao Isis.

Rezemos pelas vítimas e familiares e que a Igreja das Filipinas encontre forças no Senhor. Peçamos que Deus possa julgar os responsáveis deste ato tão vil.

Com informações de Vatican News

0 Comments

    Leave a Comment

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password