Dia das crianças, dia de Nossa Senhora Aparecida

Enquanto católicos, desde cedo devemos ensinar os nossos filhos e filhas o valor que esta data possui, fazê-los conhecer a história da padroeira, o porquê de ela ser tão importante para nossa Igreja e para as nossas vidas.

Feliz coincidência

Dia de Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças, uma feliz coincidência no Brasil! Quando pequenos aguardamos ansiosamente este dia, data na qual a maioria das crianças do nosso país recebem presentes. Mas afinal, como cristãos católicos como devemos guardar este dia?

O Dia das Crianças na verdade é anterior às comemorações do dia da Padroeira, ele começou a ser comemorado graças ao deputado Galdino do Valle Filho, na década de 1920, e foi oficializada em 1924 por Arthur Bernardes.

Já a comemoração de Nossa Senhora Aparecida acontecia em 8 de setembro, somente em 1980 com a visita do Santo Papa João Paulo II que passou a ser celebrada em 12 de outubro.

Enquanto católicos, desde cedo devemos ensinar os nossos filhos e filhas o valor que esta data possui, fazê-los conhecer a história da padroeira, o porquê de ela ser tão importante para nossa Igreja e para as nossas vidas.

O que não significa que devemos deixar de lado a comemoração das crianças, afinal, no Evangelho vemos Jesus ensinando o valor que os pequeninos têm, seja em Mateus 19,14 onde Jesus diz:

“Deixai vir a mim estas criancinhas e não as impeçais. Porque o Reino dos Céus é para aqueles que a elas se assemelham”, ou como em Marcos 10,15 onde fala “Em verdade vos digo, todo aquele que não receber o reino de Deus com mentalidade de uma criança, nele não entrará”.

Ser como criança

Nesta data temos uma grande chance de meditar sobre esses trechos evangélicos. Porque devemos ser como crianças? Devemos ser como crianças no sentido da pureza, no modo como agimos e reagimos ao mundo. Devemos ser como os pequeninos de Jesus para que sejamos dignos do seu reino.

E quem melhor para nos ensinar a ser puros, senão a criatura que em sua pureza virginal gerou o filho de Deus, aquela que foi concebida sem pecado, e que foi exemplo de esperança e santidade. Quão abençoados por termos esta data em nossas vidas.

Devemos zelar por estas duas comemorações que se completam neste dia, de um lado a mãe de Deus, a maternidade e do outro a vida, a fecundidade!

O maior presente que podemos oferecer às crianças que fazem parte da nossa vida é justamente consagrá-las a Nossa Senhora Aparecida e viver este dia em família: participando da Celebração Eucarística, fazendo uma refeição juntos, brincando, dedicando tempo e presença.

Talita e Jeferson
Casal Missionário da Comunidade de Aliança

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password