#CJemcasa – Tarde de domingo com pregação e musicalidade

Num clima de grande alegria, a tarde de domingo do #cjemcasa foi recheada de musicalidade, Palavra de Deus e oração.

Sertão de Deus

Uma novidade do #cjemcasa foi o pocketshow sertanejo do missionário Léo Pelissari que tem dado início ao seu ministério, de forma oficial, com a música sertaneja dentro da Aliança.

Com muita alegria, descontração e festa, Léo agitou a transmissão do Congresso Jovem. Dentre músicas autorais e grandes canções populares do Brasil como Romaria, o missionário animou os espectadores que se impressionaram com esse ritmo tão pouco explorado na música católica.

Algo que também impressionou a galera, foi a participação do padre Leandro Rasera, idealizador da Geração Acordi, com quem Léo cantou Romaria, louvando à Mãe de Deus que também se faz presente na vida da juventude da Aliança sob o título de “Imaculada do Espírito Santo”.

O Rio de Deus e a Noiva

Após o momento sertanejo, teve início a pregação com Hugo Santos, fundador da Comunidade Católica Colo de Deus, com o tema “O Rio de Deus e a Noiva”.

Em sua ministração, utilizou-se do modo como o profeta Ezequiel explica os níveis de entrega nesse Rio de Deus.

Aquele que molha somente o pé, é aquele que ainda é criança e tem medo de ir mais fundo. É imaturo, é pequeno, medroso. Já o que está no nível do joelho, é aquele que “tenta correr, mas encontra dificuldade e precisa gastar muita energia, então, por isso, não se esforça muito”, lembrou Hugo.

Na Igreja, são aqueles que conhecem as leis, os mandamentos, se esforçam por isso, mas na prática, ainda continuam no raso, porque têm medo da profundidade, da entrega total.

Leia também: #CJemcasa| Ir mais fundo, sem medo 

“Não adianta você ter uma vida cômoda aqui, achando que a onda não vai vir. A maré vai subir, meu querido”, exortou Hugo sobre os que não têm coragem de ir mais fundo, por medo de serem acometidos por uma grande onda.

Sofrimento e Salvação

Na conclusão da pregação, Hugo lembrou que “nosso Deus é tão poderoso que Ele ergue torres maravilhosas em cima de castelos destruídos pelo homem, então, não se preocupa. Deixa Deus trabalhar. Não é sobre sofrer, é sobre se salvar”.

“Se abandona na correnteza e deixa o Espírito Santo te levar, convidou Hugo lembrando de Santa Teresinha que dizia que “só queria ser o amor”.

#CJemcasa

Continue acompanhando as novidades do #CJemcasa, até mesmo depois do evento online. Você terá cada pregação, vídeos e testemunhos. Falando nisso, nos envie o seu testemunho sobre o que mais te marcou e como você vivenciou o evento conosco. Mande um email para comunicacao@misericordia.com.br.

Leia ainda: O chamado dos improváveis

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password