fbpx

Carnaval: Da alegria passageira a alegria duradoura.

O Carnaval, uma festa da “alegria“, muitas vezes deixa um vazio e uma tristeza dolorosa ao final do dia. Mas por quê?

O Carnaval é conhecido como uma festa de excessos, durante os dias do carnaval a maioria das pessoas busca o alívio e o esquecimento dos sofrimentos do dia a dia, porém essa prática apesar de aliviar o stress, pode gerar uma fuga que leva a uma tristeza quando acaba.

A verdadeira alegria que permanece é a alegria que vem de dentro, de um encontro pessoal consigo e com Deus, é o encontro com a verdade que preenche nossas almas.

A distinção entre os prazeres mundanos e a alegria espiritual é clara. O espírito mal que Santo Inácio de Loyola nos apresenta em seus exercícios espirituais oferece prazeres ilusórios, levando à tristeza, enquanto o bom espírito nos conduz à verdadeira alegria, ligando-nos ao amor divino.

Infelizmente o carnaval é uma festa que nos rebaixa ao nível animalesco, isso porque são os animais que se contentam com os prazeres sensíveis, enquanto o homem racional anseia pelo que é perene, ou seja, eterno. Durante o Carnaval, muitas pessoas sucumbem aos apetites sensíveis da carne.

Para nós, católicos, o verdadeiro Carnaval deve ser o adeus à carne, a busca pela verdade e por nos configurarmos a Cristo, nos preparando para viver a quaresma e a Pascoa do Senhor.

Devemos fugir das distrações mundanas, mantendo a chama da graça acesa em nossas almas. Pois, como disse Santo Inácio, a contemplação da verdade mitiga a tristeza, alimentando-nos com a sabedoria divina.

 

 

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password