Bons motivos para assistir The Chosen

Jesus em The Chosen_divulgação
Jesus em The Chosen_divulgação

Se você ainda não conhece, eis aqui bons motivos para se aventurar na vida de Jesus adaptada para a TV.

Isaías 43, 19 diz: “Eis que estou fazendo uma coisa nova …”

É com esta palavra que o Canal do YouTube da série The Chosen abre a sua apresentação do projeto. Ela se distingue muito de outras produções por ser pioneira em sua produção e distribuição.

Lançada em 2019 no período da Páscoa, a adaptação da vida de Cristo para a televisão já foi assistida por nada menos que 1 bilhão de pessoas. Estamos falando de “The Chosen” (O Escolhido).

O diretor Dallas Jenkins disse em entrevista que, ao idealizar o projeto, quis atingir o público cristão que tem necessidade de uma boa produção que conte a história de Jesus de maneira íntegra.

E justamente, para não fugir de questões doutrinais, o roteiro passou por análises de um teólogo protestante, um rabino e um padre católico.

“Tentamos considerar todo o contexto bíblico, histórico e cultural conforme desenvolvemos as histórias e garantir que as histórias paralelas que acrescentássemos fossem fiéis à intenção da escritura”, disse em entrevista à Aleteia.org.

Revolucionária em tudo

Podemos dizer que a obra foi revolucionária em diversos aspectos. Os custos foram cobertos por crowndfund (vaquinha virtual). As pessoas assistiram ao episódio piloto (com 20 milhões de visualizações) e se identificaram com a produção.

Este é o primeiro bom motivo: é uma obra que não entrega supresas desagradáveis sobre a doutrina, a pessoa de Cristo ou dos apóstolos.

Segundo, você acessa o seriado através de uma plataforma de streaming própria da série que está disponível para download nas lojas de aplicativos para IOS e Android.

Terceiro é gratuito; você poderá assistir à primeira temporada de The Chosen. No app você consegue visualizar o número de pessoas que já assistiram e quanto de dinheiro foi arrecadado para a produção. Além de tudo, você tem a possibilidade de realizar uma doação para a gravação de episódios futuros.

Ainda há a oportunidade de assistir em grupo e abrir para debates e até enviar mensagens de agradecimento às pessoas que, com suas doações, proporcionaram esta exibição.

Uma história antiga e tão nova

Não existe nenhuma “novidade” na vida de Cristo. Podemos até dar spoiler: o personagem principal morre e ressuscita! Brincadeiras à parte, vemos os acontecimentos da vida de Cristo através dos olhos de quem o conheceu de perto. Ou seja, seus discípulos e tantos que viram seus sinais.

O impacto que cada episódio está fazendo na vida de quem assiste só pode ser obra do Espírito Santo, como relatou o ator Jonathan Roumie, que interpreta Jesus:

“Acho que é isso que a maioria de nós, especialmente como crentes, atribui ao motivo pelo qual tem sido tão profundamente impactante para as pessoas. É apenas o Espírito e a obediência de querer acertar a história e torná-la acessível para as pessoas”, afirmou.

Vale salientar que Jonathan Roumie reza todos os dias, através de lives, o terço da misericórdia em sua página no Instagram, o que tem feito muita gente acreditar ainda mais nas boas intenções da produção.

Assista ao episódio 1

Experiências reais

No app estão relatados diversos depoimentos. Um que chama a atenção é o de uma garota cujo pais ajudaram no financiamento dos primeiros 4 episódios. Ao assistir a série, a garota se identificou com o personagem de Mateus.

O diretor revelou que ao construir o personagem, colocou características de uma pessoa com síndrome de Asperge. Isso ajudou os pais a diagnosticarem este traço na garota e iniciarem o tratamento.

Ela foi profundamente tocada e chegou à conclusão de que Deus chama a todos. A trilha sonora da conversão de Nicodemos é tocada no violoncelo por ela.

Prepare-se

Por ter a intenção de seguir um caminho de fidelidade aos relatos dos evangelhos, mesmo que com a liberdade artística, a série tem o poder de em algum momento tocar os corações. O seu pode ser o próximo!

Aqui está o passo a passo de como baixar o app:
No celular;
No computador;
Na TV smart.

Com informações de:

Portal G1

Aleteia

Christian Post

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password