Ascensão de Jesus: certeza do nosso lugar no Céu

“Ninguém subiu ao Céu, a não ser Aquele que desceu do Céu”. Hoje, Nosso Senhor Jesus Cristo subiu ao Céu; suba também com Ele o nosso coração.

Subamos ao Céu com Jesus

“Ninguém subiu ao Céu, a não ser Aquele que desceu do Céu”. Hoje, Nosso Senhor Jesus Cristo subiu ao Céu; suba também com Ele o nosso coração. Ouçamos o que nos diz o Apóstolo: Se ressuscitastes com Cristo, saboreai as coisas do alto, onde Cristo está sentado à direita de Deus; aspirai às coisas do alto, não às da terra.

E assim como Ele subiu ao Céu sem Se afastar de nós, também nós subimos com Ele, embora não se tenha realizado ainda no nosso corpo o que nos está prometido. Ele já foi elevado ao mais alto dos Céus; e, contudo, continua a sofrer na terra através das tribulações que nós experimentamos como seus membros.

Disso deu testemunho quando Se fez ouvir lá do Céu, dizendo: Saulo, Saulo, porque Me persegues? E noutra ocasião: Tive fome e destes-Me de comer.

Porque não havemos também nós, enquanto trabalhamos ainda sobre a terra, de descansar já com Cristo no Céu, por meio da fé, esperança e caridade, que nos unem ao nosso Salvador? Cristo está no Céu, mas está também conosco; e nós, permanecendo na terra, estamos também com Ele.

Ele está conosco pela sua divindade, pelo seu poder, pelo seu amor; nós, embora não possamos realizar isso pela divindade, como Ele, podemos realizá-lo ao menos pelo amor para com Ele.

Ele está no meio de nós

Ele não Se afastou do Céu quando de lá baixou até nós; também não Se afastou de nós quando de novo subiu ao Céu. Ele mesmo afirma que Se encontrava no Céu quando vivia na terra, ao dizer:

“Ninguém subiu ao Céu, a não ser Aquele que desceu do Céu, o Filho do homem, que está no Céu”. Isto foi dito para significar a unidade que existe entre Ele, nossa Cabeça, e nós, seu Corpo.

E ninguém senão Ele podia realizar esta unidade que nos identifica com Ele mesmo, porque Ele Se fez Filho do homem por causa de nós, e nós por meio d’Ele nos tornamos filhos de Deus.

Neste sentido diz o Apóstolo: Assim como o corpo é um só e tem muitos membros, e todos os membros, apesar de serem muitos, constituem um só corpo, assim também é Cristo. Não diz; “Assim é Cristo”; mas diz: Assim também é Cristo.

Portanto, Cristo é um só Corpo, formado por muitos membros. Por conseguinte, desceu do Céu por misericórdia e ninguém mais subiu senão Ele, porque nós estamos n’Ele pela graça.

E desta maneira, ninguém mais desceu senão Cristo e ninguém mais subiu além de Cristo; e isto não quer dizer que a dignidade da Cabeça se confunde com a do Corpo, mas que a unidade do Corpo não se separa da Cabeça.

Dos Sermões de Santo Agostinho, bispo
(Sermão da Ascensão do Senhor, Mai 98, 1-2: PLS 2, 494-495) (Sec. V)

Segundo Fonte de iBreviary

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password