• Aborto | O Antissacramento inventado por Satanás

    Aborto | O Antissacramento inventado por Satanás

Aborto | O Antissacramento inventado por Satanás

Sacramento é o sinal da presença de Deus e do seu Reino no meio de nós, sinal de vida. Ao dizer que o aborto é um antissacramento entendemos que Satanás, através dele, quer mostrar seu ódio contra Deus e seus filhos.

A morte de crianças celebrada como conquista

O aborto é um ato moralmente pervertido. No âmbito social ele destrói a continuidade natural das gerações, além de ser uma prática eugenista, ou seja, alguém decide quem merece ou não viver, se é ou não oportuno. Infeliz da criança que sem a própria vontade for gerada num útero que não a quer.

Atualmente, Irlanda e Argentina deram passos para promoção do assassinato de crianças, fato que foi comemorado pelos militantes como conquista histórica e humanitária. Agora os legisladores querem fazê-lo no Brasil.

Os jargões “meu corpo, minhas regras” e “maternidade é opção e não obrigação” povoam as redes sociais como se fossem os gritos de um exército que venceu uma batalha sanguinária e desigual: o feto não tem como se defender.

O antissacramento de Satanás

No âmbito religioso o ato do aborto é ainda mais chocante. Para a Igreja, a filiação e a maternidade são dons que expressam a benção de Deus. Ele mesmo se identifica com a mãe ao falar do cuidado que tem para com o seu povo.

“Acaso pode uma mulher esquecer-se do seu bebê, não ter carinho pelo fruto das suas entranhas? Ainda que ela se esquecesse Eu nunca me esqueceria” ( Is 50, 15)

Podemos dizer que a maternidade é o sacramento da ternura divina. O aborto é o antissacramento, sinal do ódio e da crueldade.

Sacramento é o sinal da presença de Deus e do seu Reino no meio de nós, sinal de vida. Ao dizer que o aborto é um antissacramento, dizemos que Satanás quer mostrar seu ódio contra Deus e seus filhos, ódio contra a Criação.

Nenhum crime é pior do que o aborto. Ele tira do coração das pessoas o amor pelos seres mais frágeis, deixa o coração humano insensível ao sofrimento de outrem indefeso; protege-se mais cães e gatos do que fetos humanos. Lúcifer ri e começa a impor seu reino em muitos corações nesta hora mais escura da humanidade.

O inferno das ideologias

Enquanto no campo das ciências não há como refutar que o feto é um ser humano, a discussão filosófica abre espaços para atos perversos.

Aceitar o aborto requer um nível alto de alienação e corrupção da consciência.

“O aborto corrompe tudo o que toca – a lei, a medicina e todo o conceito de direitos humanos”. (Cardeal Pell)

As pessoas que se envolvem neste crime, médicos, enfermeiros, ativistas e financiadores precisam urgentemente das orações dos intercessores.

Peçamos a Deus a graça da conversão para que tais pessoas escapem das garras de Satanás, deixem ser agentes da morte no mundo e venham para a Luz.

Rezemos pelas mães que não querem o dom da maternidade; elas não sabem que negando esta graça, deixam de ser seres humanos tornando seus úteros cemitérios de seus próprios filhos.

Que Deus tenha piedade do nosso mundo!

Adaptado de um artigo que apareceu pela primeira vez no Fórum da Verdade e Caridade da Human Life International, www.hli.org.

Life site News

Adote espiritualmente um bebê em gestação

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password