fbpx

A masculinidade segundo Gillette e segundo o cristianismo

Homem em frente ao espelho - Comercial da GilletteMuito já foi dito na mídia sobre o recente anúncio da Gillette chamando os homens para um padrão mais elevado de masculinidade, mas quero propôr uma reflexão cristã do fato.

O Homem Perfeito

Não quero entrar nos diferentes debates que o anúncio gerou. O que eu gostaria de salientar é como este anúncio apresenta uma grande oportunidade evangélica, se canalizarmos as discussões prevalecentes sobre a masculinidade e direcioná-las à solução: seguir Jesus, o Homem perfeito.

A próxima vez que alguém trouxer o recente anúncio de Gillette para você (ou qualquer outro tópico sobre problemas de masculinidade em nossa cultura), mostre a ele que a raiz dos problemas destacados nesse anúncio é que muitos homens simplesmente não sabem como ser homens de verdade.

Existem elementos de masculinidade em nossa cultura que se tornaram seriamente corrompidos e precisam ser abordados.

No entanto, todas as tentativas de enfrentar esses problemas que não incluem um chamado à conversão e ao discipulado em Jesus acabarão por ser insuficientes.Leia mais: São José, mostra como ser um homem de Deus

A Masculinidade Autêntica

Quer você pertença aos campos chamados “conservadores” ou “liberais”, ou se você se senta em cima do muro, todos nós podemos concordar com alguns princípios básicos:

Não queremos assédio sexual no trabalho ou em qualquer outro lugar, não queremos intimidação nas escolas, não queremos desculpar o mau comportamento dos homens em relação aos outros ou às mulheres, etc…

Também podemos concordar que queremos que os homens sejam bons pais para seus filhos, queremos que os homens sejam maridos fiéis aos seus filhos e esposas, precisamos que os homens se responsabilizem, etc.

De muitas maneiras, estamos todos falando sobre a mesma coisa. Queremos que os homens em nosso mundo e cultura adotem uma masculinidade autêntica. Onde os diferentes campos estão divididos, está na definição e no modelo da masculinidade autêntica.

É aqui que nós, como cristãos, podemos nos aproximar e apontar para o homem perfeito: Jesus.

Em Cristo se tornar homem

Pode parecer excessivamente simplista, mas pense por um momento: se há confusão sobre o que caracteriza o homem ideal, ou o que significa masculinidade autêntica, por que não direcionar as pessoas a olhar para o Homem perfeito e aprender com Ele?

Há muitas razões teológicas ricas por trás de Jesus sendo chamado de homem perfeito. Mas por causa deste artigo (e para nós, meros mortais), há uma série de outras razões que podem ser referidas, que explicam porque Jesus personifica o que significa ser o homem perfeito.

Ele é tudo isso e muito mais

Jesus nos ensinou por Suas palavras e exemplos de como amar, servir, ser humilde, ser corajoso, falar a verdade, ser forte quando necessário e ser manso quando necessário, e assim por diante.

Obviamente, o maior exemplo que Jesus nos deixou foi como Ele deu a própria vida, sacrificando-se pelo bem daqueles que amava. Não é de admirar que a Igreja ensine que quem segue os passos de Cristo, o Homem perfeito, torna-se mais homem.

É por isso que é imperativo que não sejamos levados à controvérsia em torno do anúncio recente da Gillette, mas sim usá-lo como uma oportunidade.

Seria ingênuo dizer que algumas das questões apontadas no anúncio como assédio moral ou sexual são incomuns. Mas rotular todos os homens como sendo culpados de “masculinidade tóxica” (o que quer que isso realmente signifique) é também uma generalização injusta.

No entanto, não estamos procurando homens para se tornarem um bando de “caras legais”. Precisamos de homens justos e virtuosos. Dirigindo os olhares dos homens para Cristo, podemos permitir que eles ouçam esse chamado para um padrão mais elevado em sua masculinidade, para que eles se esforcem para crescer em virtude e autêntica masculinidade.

Precisamos de homens que não tenham medo de ser homens – o que significa que precisamos que os homens sejam bons e amorosos maridos, pais que estão por perto e que transmitam uma genuína compreensão de masculinidade a seus filhos e amigos que não tenham medo de desafiar um ao outro a um grau maior de santidade.

Um Convite à Santidade

E o ponto de partida para isso é estendermos um convite a qualquer homem ao nosso redor para que eles tenham um encontro com o Amor do próprio Homem perfeito, Jesus Cristo.

Quanto mais um homem é atraído para o amor e a misericórdia de Jesus, mais ele verá as áreas específicas em sua vida e masculinidade que requerem conversão, para que ele possa viver em imitação do modelo e exemplo que Jesus nos deixou.

Vamos mudar os tópicos de discussão que cercam este anúncio. É realmente de suma importância deliberar incessantemente se a Gillette, que produz principalmente produtos de barbear, tem algum negócio pregando aos homens ou a qualquer outra pessoa sobre o estado de masculinidade em nossa sociedade?

Da mesma forma, por quanto tempo continuaremos debatendo se esse anúncio é injusto para homens ou mulheres? Essas conversas já ocorreram online ad nauseam (até à náusea) e na TV. Vamos começar a falar sobre o caminho a seguir. E esse caminho a seguir é Jesus.

Os meninos serão meninos enquanto eles são meninos, mas em algum momento, eles precisam crescer e se tornar homens.

Eles podem aprender isso apenas com o exemplo de Jesus, seja diretamente aprendendo a imitá-lo, ou indiretamente através do exemplo de outros homens, que se deixaram moldar pelo amor e misericórdia de Jesus. Os meninos de hoje serão os homens de amanhã – vamos fazer com que aprendam o que significa ser um homem a partir do Homem perfeito.

Brenton Cordeiro, seminarista e escritor do Catholik Link

0 Comments

    Leave a Comment

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password