fbpx

A Bíblia é difícil de entender?

A Bíblia é difícil de entender? Bom, esta pergunta tem só uma resposta tanto para quem não sabe nada das Sagradas Escrituras, como para aquele iniciou seu caminho de ouvinte atento e leitor assíduo: sim, é difícil ler a Bíblia!

Porque a compilação dela foi feita ao longo de séculos e está cheia de condicionamentos históricos (políticos, culturais, sociais e linguísticos), por isso não se deve interpretá-la ao pé da letra. Para lê-la corretamente, à luz do Espírito que a inspirou, é necessário ouvir o que o Magistério e a Tradição já falaram.

Existem milhares de páginas na internet, de blogs católicos e protestantes, milhares de livros que estão ao nosso dispor, explicando como ler e entender a Bíblia, mas, nem sempre queremos pagar o preço: tempo.

Hoje em dia, quem diz que tem tempo para fazer todas as coisas é considerado a pessoa mais rica do mundo. Se dissermos que para fazer um caminho de compreensão das Escrituras terás que gastar sua preciosa moeda, já bate desanimo, não é?

Se você quer entender “a carta de amor de Deus para nós” é necessário que leia até o final as nossas dicas de leitura bíblica.

ACOMPANHE O ESTUDO BÍBLICO COM O CÔNEGO CELSO PEDRO NO CANAL DA ALIANÇA NO YOUTUBE

O que é a Bíblia?

Em si, é um compilado de livros, uma biblioteca dos escritos sagrados. Na sua essência é a Revelação de Deus ao seu povo.

São ao todo 73 livros divididos em Antigo (AT) e Novo Testamento (NT). O Antigo Testamento diz respeito às origens e formação do povo escolhido; à ação de Deus no meio dele, fidelidades e infidelidades de Israel. Vale a pena ressaltar que toda esta história foi conservada primeiramente por tradição oral (origem do povo judeu +/- 3300 a.c), ou seja, de pai para filho, de geração em geração. Os primeiro escritos datam do ano 1100 a.c.

O escrito mais antigo da bíblia é o capítulo cinco do Livro de Juízes, o cântico de Débora. A partir dele a história começou a ser contada em forma de retrospectiva.  A tradição oral cedeu totalmente lugar à escrita já no reinado de Davi.

Quem escreveu a Bíblia?

Não existe um hagiógrafo único (escritor bíblico), ou um grupo seleto, foram muitos que escreveram, outros que editaram e compilaram.

A primeira divisão do AT é o Pentateuco (cinco livros). Nele está a narração das origens do mundo e do homem; história da formação e eleição de Israel, a Aliança. Na segunda parte estão os Livros Históricos que narram a estruturação do povo de Deus, a passagem do sistema de governo tribal para o monárquico e os seus feitos. Depois vem os Proféticos e Sapienciais.

A divisão do NT é mais simples: Evangelhos Sinóticos (Matheus, Marcos e Lucas), Evangelho de João, Atos dos Apóstolos, Escritos paulinos, Escritos joaninos, Cartas católicas.

Por onde começar os estudos?

Muitos são os caminhos, mas o mais importante é ter determinação. A primeira dica de leitura é que você tenha em suas mãos uma boa tradução da Bíblia. Procure as versões que sejam mais próximas dos textos originais, assim elas sofrem menos com interpretações. Indicamos a Bíblia de Jerusalém e, para os mais avançados, a Bíblia do Peregrino, que fornece notas de rodapé bem generosas.

Faça um roteiro de estudos 

Além de ter sua Bíblia bem localizada (não na gaveta e nem decorando a estante), ela deve estar perto de você; de repente na mesinha de cabeceira, assim antes de dormir e pela manhã você pode ler uma passagem bíblica.

“Ah, mas é difícil, eu me esqueço”, a questão é começar e ter determinação.

Tenha no seu smartphone algum aplicativo com a liturgia diária. Você sabia que se acompanhar as leituras do dia regularmente, em três anos você já terá lido toda a Bíblia? Isso porque as leituras feriais (segunda à sexta) são separadas em ano par e ano ímpar, sem contar os domingos que são divididos em ano A, B e C. Esta divisão toda é para que o fiel possa percorrer toda a história da salvação; podemos até fazer referência aos três anos de vida pública de Jesus.

ACOMPANHE O ESTUDO BÍBLICO COM O CÔNEGO CELSO PEDRO NO CANAL DA ALIANÇA NO YOUTUBE

Existem aplicativos e sites que nos ajudam a meditar melhor a Palavra: Católico OranteACN.org ( Ajuda à Igreja que Sofre), Evangelho Quotidiano, de Portugal; este último contém textos dos Padres e Santos da Igreja; Dom Alberto Taveira apresenta o Palavra de Vida Eterna e que compartilhamos na nossa Página Oficial do Facebook. São algumas sugestões para te introduzir na compreensão

Existem vários métodos de leitura e estudo da Bíblia, como a Lectio Divina, A Scruptatio Escripturaeentre outros.

Recomendamos também que você leia a introdução à leitura bíblica do site biblicatolica.com.br  e a Constituição Dogmática Dei Verbum. Neles você colherá mais detalhes históricos e o que o Magistério da Igreja Católica ensina.

Boa caminhada!

0 Comments

    Leave a Comment

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password