fbpx

5 dicas para uma volta às aulas sem estresse

Agosto é o mês de voltar à rotina escolar. Papais e mamães são fundamentais para que os pequenos se adaptem aos horários de forma natural.

Geralmente, os pais deixam seus filhos mais livres para a diversão, passeios, brincadeiras e, muitas vezes, esquecem-se de olhar os hábitos saudáveis das crianças, como dormir e acordar nos horários certos e se alimentar adequadamente.

Como preparar a volta?

Conversar e preparar as crianças que as férias estão acabando, que muitas coisas novas as esperam nesse novo período escolar e que as férias de final de ano estão mais próximas, é fundamental.

Mas é preciso ter uma atenção maior e evitar falar coisas negativas sobre os estudos, como “não vai ter mais moleza” ou “acabou a farra de dormir e acordar tarde”.

Se isso não estimula nem uma pessoa adulta, quanto mais uma criança! Elas precisam criar expectativas positivas.

Vamos ver algumas dicas para ajudar nesta readaptação:

1. A rotina precisa ir mudando gradativamente para que as crianças se acostumem com os novos horários

O ideal é ir dormir mais cedo, acordar num determinado horário, fazer as refeições também nos horários certos pelo menos uma semana antes de voltar às aulas.

2. Deixe tudo pronto no dia anterior

Organize junto com as crianças menores o material escolar, o uniforme, verifique a agenda para não esquecer alguma coisa que a escola tenha solicitado, deixe o lanche já pronto e separado na geladeira.

3. Uma coisa de cada vez

Os pequenos conseguem seguir uma ordem de cada vez. Depois dos 4 ou 5 anos, já conseguem duas. Depois dos 7 ou 8, três ordens consecutivas. Pode ser uma tarefa frustrante para os papais dar várias ordens logo cedo, pois dificilmente as crianças as cumprem ou as cumprem no ritmo ou na sequência necessária e simplesmente porque não conseguem fazer isso!

4. Não apresse e não culpe a criança

Quando você apressa a criança, isso pode determinar que as coisas sejam feitas com maior lentidão. O que vai deixar a criança, o papai e a mamãe mais irritados.

E se houver atraso para a escola, não culpe a criança pela desorganização ao se preparar. Retome a aprendizagem dos hábitos, o que a faz sentir segura e amparada para fixar as etapas.

5. Demonstre total interesse pela vida escolar do seu filho

Quando os pais não demonstram interesse na vida escolar do filho, as crianças sentem e acabam desestimuladas.

Estar por dentro, não só da vida escolar, mas em todas as atividades da vida da criança, os motiva a gostar mais de tudo que faz.

Maitê Gabriela Ferreira, Pedagoga e Catequista

0 Comments

    Leave a Comment

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password