fbpx

Um texto de Maria Paola sobre “A Carta de amor escrita por Deus”

Bíblia aberta-vela acesa.

A Bíblia é a “Carta de Amor” que Deus escreve para nós, onde ele partilha conosco os seus pensamentos, os seus desejos, os seus projetos e nos convida à intimidade com Ele.

Uma declaração de amor

Imagine receber uma carta de uma pessoa que te ama: o teu coração começa a bater mais forte. Pois é: A Bíblia é a “Carta de Amor” que Deus escreve para nós, onde ele partilha conosco os seus pensamentos, os seus desejos, os seus projetos e nos convida à intimidade com Ele.

O Concílio Vaticano II escreveu este propósito nestas palavras: “Nos livros Sagrados, o Pai que está nos Céus vem amorosamente ao encontro dos seus filhos, a conversar com eles” (Dei Verbum 21).

Deus invisível, na riqueza do seu amor, fala aos homens como a amigos (cf. Ex 33, 11; Jo 15, 14-15) e conversa com eles (cf Br 3, 38) para os convidar à comunhão e admiti-la com Ele (Dei Verbum 2).

Então, o estudo da Bíblia não é para nós cristãos fim, em si mesmo, pois cada encontro com a Palavra de Deus é uma experiência de amor, de comunhão com Deus e os irmãos.

A Palavra é o alimento para o nosso caminho de cristãos: Ele mexe com a nossa vida, ilumina as nossas decisões, julga as nossas atitudes, impulsiona-nos a construir uma sociedade mais justa onde reina o amor.

“A palavra de Deus é viva, eficaz e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes: penetra até dividir a alma e espírito, junturas e medulas. Ela julga as disposições e as intenções do coração”. (Hb 4,12)

Maria Paola do Cordeiro Imolado
Cofundadora da Aliança

Texto extraído do livro “Palavra de Vida”, Editora DDM, 2014

0 Comments

    Leave a Comment

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password