Thalita Kum Replay em Manaus

Nos dias 10 e 11 de março foi realizado um Thalia Kum (TK) Replay na cidade de Manaus, reunindo 27 jovens vindos da cidade de São Paulo de Olivença, Presidente Figueiredo, Balbina, Santa Isabel do Rio Negro, além dos jovens de Manaus, que não apenas estava a serviço mas também participaram destes dias de reavivamento.

Este retiro é voltado para jovens que já participaram do encontro Thalita Kum (TK). É um momento de aprofundamento e reavivamento, para que não se apague a chama que foi acesa no primeiro encontro e que as coisas do mundo insistem em querer sufocar.

Com o tema “É de perseverança que tendes necessidade” (Hb 10,36) os participantes foram conduzidos a fazer memória de suas experiências no Encontro TK, a relembrarem de seu primeiro encontro com Deus e, sobretudo, a assumirem a postura de profetas e profetizas que não temem anunciar a Cristo por onde passam.

Ser o que Deus sonhou

Para Roselene, de Santa Isabel do Rio Negro, o momento mais importante do encontro, foi quando ela se sentiu ‘desafiada por Deus’, ela nos conta:

“No meu TK quando eu desafiei a Deus eu não tive medo. Eu disse ‘se realmente Tu existe, muda a minha vida’. E realmente Ele mudou a minha vida. Ele me transformou.

Mas quando me senti desafiada por Deus, eu tive medo. E eu não sabia o que fazer, porque sei que Ele me chama a ir para águas mais profundas, mas o medo me impede. Esse encontro é diferente. Eu imaginei que iria fazer TK de novo, mas é diferente. São experiências ainda mais profundas. Eu entendi que Deus sabe o que faz, e devemos seguir o que nos pede.

Mas reconheço que muitas vezes quero fazer apenas do meio jeito, o que quase nunca dá certo. Quando sair daqui vou pedir ainda mais que Deus me molde, para que eu seja aquilo que Ele sonhou, e não o que eu criei”.

Disposição para dar a vida

O encontro foi encerrado com a Santa Missa presidida pelo Pe. João Otávio (salvista) que convidou os encontristas a fazer memória da ação de Deus no dia em que foram resgatados pelo Seu amor, para permanecerem firmes, sem se afastarem dEle.

E mesmo para quem estava trabalhando no encontro houve ocasiões na qual Deus falava de forma particular.

Fernanda, de Manaus, estava servindo no encontro e participava nos momentos livres. Numa partilha disse que “durante o desafio eu me questionava se estou disposta a realmente dar a vida como Jesus também a deu: estar pronta para dar a vida sem escolher pessoas, mas ajudar a quem precisa.

Muitas vezes deixamos o egoísmo tomar conta. Exigimos mais atenção do que estamos dispostos a dar. Preciso aprender a morrer para mim todos os dias.

Entendi que o desafio foi lançado hoje, mas ele precisa ser vivido todos os dias. Outro momento que me marcou foi a reflexão sobre o bom pastor. Recordei de uma pessoa que não desistiu de mim, especialmente enquanto outras diziam que eu não tinha mais jeito. E graças a Deus tive a oportunidade agradecer pessoalmente.”

Louvemos a Deus por estas graças e peçamos para que outros jovens possam ser contagiados por esta alegria que nunca passa.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password