fbpx

Santa Bakhita, uma mulher empoderada pelo Espírito Santo

Santa Bakhita, mulher que é ‘afortunada’ em seu nome, trilhou um longo caminho de humilhação e sofrimento sendo vendida como escrava diversas vezes, até ser comprada por uma família que lhe “proporcionou” o batismo e o encontro com o Evangelho.

Se eu ficar de joelhos toda a vida, não expressarei jamais toda a minha gratidão ao bom Deus

Santa Bakhita, cheia do Espírito

Bakhita, uma mulher forte pelas circunstancias da vida, empodera-se do Espirito Santo ao responder seu chamado à vida religiosa. Com sua alegria, bondade e humildade, contagiava a todos que a rodeava e dizia sempre:

Sedes bons, amem a Deus, rezai por aqueles que não O conhecem. Se soubésseis que grande graça é conhecer a Deus!

Uma mulher que perdeu sua identidade devido o sofrimento, se encontra em Jesus e se reconhece dependente desse ‘seu Patrão’ que roubou seu humilde coração e a escravizou no amor!

Durante a doença lenta e dolorosa que a acometeu na velhice, dizia: “Vou devagar, passo a passo, porque levo duas grandes malas: numa vão os meus pecados, e na outra, muito mais pesada, os méritos infinitos de Jesus. Quando chegar ao céu abrirei as malas e direi a Deus: ‘Pai eterno, agora podes julgar’. E a São Pedro: ‘fecha a porta, porque fico’”.

Santa Bakhita

Bakhita, filha de Maria

Já na agonia de sua morte, revivia as dores do tempo de escravidão e teve ao seu lado Aquela que é Consoladora dos que amam a Deus. Partiu para o Céu dizendo: “Nossa Senhora! Nossa Senhora!”.

Desejo que, nos espelhando nessa mulher exemplar e destemida, repletas de fé, amor e esperança, possamos testemunhar e ajudar as mulheres escravizadas do nosso tempo a enxergarem que o verdadeiro empoderamento está em dar a Deus todo o poder sobre nós!

Quem confia em Deus, trata Deus como Deus!

Santa Bakhita, rogai por nós!

Agnes Cristina
Casada e Missionária da Comunidade de Vida

Eloiza Madureira e Iara de Amaral são mulheres que viram a morte muito de perto, mas que foram encontradas pela misericórdia de Deus, que lhes devolveu vida e vida em abundância, dando-lhes uma nova chance para sorrir.

A história das duas, revela não somente a fé de ambas, mas a fé das famílias que não vacilaram diante da dor, que não se desesperaram diante do sofrimento.

Assista esses bonitos testemunhos no programa “Parte de Nós”.

0 Comments

    Leave a Comment

    1 × um =

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password