Saiba o porquê você não deve expor seu filho pequeno na internet

Muitos pais acham graça compartilhar nas redes sociais todos os momentos dos filhos pequenos em fotos; desde o nascimento até os primeiros passos. Este comportamento, porém, pode expor os pequenos a grandes perigos.

Os perigos da Internet

Uma recente matéria no portal de notícias Aleteia fala dos perigos da internet. Eles alertam os pais sobre os riscos da super exposição de crianças nas redes sociais.

Muitos podem achar exagero, mas as redes sociais escondem criminosos; sim seu pequeno pode ser vítima de um pedófilo. Como?

O site americano Life site News publicou um relato impressionante de um jornalista da BBC, James Young, fazendo uma matéria investigativa sobre sexbots (robôs sexuais), foi a uma empresa na China que fabrica tais robôs.

O que mais chocou o jornalista e o levou às lágrimas foi ver protótipos de crianças! Isso mesmo. As bonecas tinham o tamanho de crianças de 5 a 9 anos.

Os robôs eram produzidos com muita semelhança à genitália infantil. Em outra sala eram produzidas as cabeças e pasmem, os rostos são trabalhados para transmitirem medo, dor e choro.

Para reproduzir os rostos os fabricantes precisam de modelos e como essas bonecas são feitas por encomenda, são os clientes que trazem fotos de crianças e até gravam a voz da criança que ele deseja. São sobrinhos, primos e até crianças desconhecidas retiradas das redes sociais.

Na segurança do lar

Aí está o perigo pai e mãe. Quando vocês pensam que o seu filho está na segurança do lar, a super exposição do pequeno nas redes sociais pode estar alimentando as fantasias de maníacos e criminosos.

Muitos pais precisam ser comedidos, pois, se as crianças tivessem a possibilidade de escolher, será que optariam por terem sua privacidade exposta a cada dia?

Qual a medida? Façamos uma analogia com o lar de Nazaré. Ninguém sabe ao certo como viveu Jesus nos 30 anos que ficou na casa da Mãe.

Escritores se esforçam para imaginar, mas, sua vida na intimidade de Nazaré, se reflete na sua vida pública e não precisamos de mais detalhes.

Por isso, preservemos os nossos filhos até o momento em que eles mesmos possam escolher tornar público este ou aquele momento.

Segundo Fonte de Life Site News

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password