Relatos de um mês de missão no Amazonas

“Foi uma experiência fantástica! Um presente de Deus para contemplar tanta vida que acontece de forma tão natural e, por isso, espetacular”.

Missão em Amazonas

No estado do Amazonas, a Aliança de Misericórdia mantém duas casas de missão, sendo uma em Manaus e outra em São Paulo de Olivença. Ambas atendem a comunidade local e os ribeirinhos ao redor. Na capital, os missionários, junto com membros da comunidade de aliança e demais voluntários, também mantém um trabalho de atendimento à população de rua, na Casa Restaura-me.

Sinal de esperança

Nesse mês de agosto, membros do Movimento saíram em missão às comunidades do interior, levando cestas básicas às famílias mais necessitadas e rezando pelo povo.

A realidade de muitos é de carência, e sem dúvidas, sofrem muitos impactos por consequências desse período de pandemia: financeiramente, social, emocional e espiritual.

A presença missionária é um sinal de esperança, que além de levar alimentos para o corpo, deseja deixar a certeza de que Deus não os abandona, e que dias melhores já estão acontecendo.

Diário de missão

Conheça nossas atividades, acesse o Relatório de Atividades 2019-2020

Com breves relatos, o missionário seminarista Thiago Lafaiete, escreveu como foram esses dias de missão. “O meu desejo é partilhar com vocês. Muito obrigado por serem Aliança de Misericórdia!” (Thiago)

Dia 04 de Agosto
Comunidade Nossa Senhora de Fátima

Interior do Amazonas

Como Movimento, fizemos uma missão distribuindo cestas básicas e rezando nas casas de famílias. Vivemos uma forte experiência com a misericórdia de Deus.

Encontramos um povo muito necessitado de ajuda. Contamos com as orações de todos por estas famílias.

Paz e Misericórdia!

Dia 15 de Agosto
Rio Preto da Eva/AM

Desta vez, nossa missão foi em Rio Preto da Eva, em parceria com a paróquia São Pedro, na Comunidade Sagrado Coração de Jesus. Ao longo do dia fomos ao encontro das famílias para fazer uma breve oração em frente às casas e o convite para retirarem as cestas básicas. Visitamos uma média de 40 famílias.

Experiência de ouvir o povo

A experiência de ir na frente das casas é sempre marcante. Ouvir as pessoas com os seus sofrimentos e dramas, lutas e alegrias…, de fato é um povo bem sofrido.

Às vezes, podem até apresentar uma falta de identidade específica em vários sentidos, mas nos deparamos com um povo de grande fé. Percebemos grande necessidade de um pastoreio, uma presença como referência de Igreja, e, como presenciamos, são muitas família.

Um povo de fé

Fomos à casa de uma mulher, que ficou cega há dois anos e passa muita dificuldade financeira. Às vezes, não tem o que comer, mas possui uma grande fé e demonstrou muita confiança em Deus. Ela disse que, muitas vezes, quando falta o básico em sua casa ela pede a Deus e a providência chega.

Outra mulher, mãe de um jovem de 25 anos que está detido no presídio por furto, usuário de drogas, sentiu em nossa visita a presença de Deus que olhava por ela neste momento difícil e estava abrindo as portas para ajudá-la. O padre que estava conosco, pegou o contato desta mãe para um possível encaminhamento do filho para uma clínica ou para a Fazenda da Esperança, pois o jovem tem desejado ajuda, mas a mãe não sabia como fazer.

Em outra casa, encontramos uma jovem muito abatida. Sem ânimo de vida, nos acolheu de forma muito seca e grosseira. Ao longo da conversa perguntamos o que ela gostaria de pedir para Deus, e ela disse: “Quero ser liberta!”

Fizemos uma oração pedindo pela vida dela e, depois, essa jovem parecia ser outra pessoa, muito mais aberta e sorridente.

Foi assim a nossa missão em Rio Preto da Eva. Queremos manter contato e dar continuidade à missão nesta cidade. Agradecemos aos membros da paróquia São Pedro, da comunidade Sagrado Coração de Jesus, ao Pe. Pedro e Padre Luís que nos deram todo suporte necessário e estavam juntos conosco nesta missão.

Vamos juntos, colocar estas famílias em nossas orações.Também os padres e a comunidade local.

19 de Agosto
Manaus/AM

Nesse dia, participamos de um momento em frente a Igreja Matriz em Manaus, em unidade com a Arquidiocese e outras comunidades e instituições da Igreja, em vista do Dia Nacional da Luta pelos Direitos da População de Rua.

Foi um momento profético, em unidade com a igreja local, repleto de espiritualidade e luta pelos direitos e justiça aos mais desfavorecidos da sociedade. Uma irmã moradora de rua, durante uma canção orante, veio ao meu encontro e banhou minhas pernas com suas lágrimas. Neste gesto senti o apelo de Deus pelos pobres que sofrem e precisam da Sua presença. Ao mesmo tempo, sentia que Deus me convidava a ser este instrumento no meio dos pobres.

Juntos, como Aliança de Misericórdia, vamos evangelizar para transformar!

Thiago do Coração de Jesus

22 e 23 de Agosto
Nova Olinda do Norte/AM

Essa missão, para mim, foi um encontro de Corações.

Nós, como Aliança de Misericórdia encontramos no coração do Amazonas o coração de tantas pessoas, o coração de tantas famílias, o coração de amigos. Assim como as águas do Rio Negro e Solimões se encontram, e tantos outros rios, também percebo o encontro do Coração de Jesus com os corações de seu povo.

Deus tem nos impulsionado a atender algumas famílias carentes. Por isso, fizemos a missão em Nova Olinda do Norte, distribuindo cestas básicas, kits de higiene, bombons e roupas, movidos por Deus, para assim sermos sinal de luz e esperança, contemplando a providência Divina na vida de Seus filhos.

A providência Divina

 Destaco uma família que visitamos. Uma mãe de 5 filhos tinha ido naquele dia sacar o benefício do Bolsa Família, mas não tinha dinheiro no banco. Um dos filhos, ajudando em um carregamento de pescados, ganhou alguns peixinhos. Era o alimento que tinham para comer. Improvisaram uma churrasqueira no chão e prepararam os peixes. Quando chegamos e entregamos a cesta básica, aquela mãe muito se alegrou e agradeceu a Deus pela providência do alimento.

Agradecimentos

 Como Aliança de Misericórdia, meu desejo é agradecer a todos que nos ajudaram nesta missão, direta ou indiretamente. Quero agradecer também a paróquia de Nova Olinda do Norte e a comunidade ribeirinha do rio Curupira.

Que os jovens e famílias que tivemos contato, que vivenciaram experiências fortíssimas de encontro com Deus sejam inspirados e inspiradores na missão de “evangelizar para transformar”.

Foi uma experiência fantástica! Um presente de Deus para contemplar tanta vida que acontece de forma tão natural e, por isso, espetacular. De fato, esta é uma terra de missão e sinto meu coração se encontrando cada vez mais com este chão.

Louvado seja Deus, que olha e cuida do Seu povo.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password