O pobre: mestre da esperança!

“A esperança não decepciona, porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado” (Rm 5, 5).

Mestre da esperança

Falar de esperança em tempos tão difíceis não é fácil! Muitas pessoas sofrendo, perdendo seus entes queridos sem poderem se despedir.

Na Casa Restaura-me, diariamente entram muitos irmãos de rua, cada um deles carrega sua história, seu sofrimento e, de verdade, às vezes me pergunto: “em meio a tantos sofrimentos interiores, como conseguem forças?”.

Diariamente, vários deles entram na capela, se ajoelham e fazem suas orações. Isso me toca muito, pois eles não têm nada, estão nas ruas desprovidos de tudo, mas carregam uma fé e uma confiança em Deus gigantescas.

Nesses dias, fizemos uma live com um missionário da Aliança, o Rafael Brito, que carinhosamente chamamos de Rafinha, e os irmãos em situação de rua que frequentam a casa. Um dos irmãos que estava sentado perto de mim, chorou muito, muito mesmo.

A esperança não decepciona

O Rafinha falava da esperança que não decepciona. Ao terminar, me aproximei do irmão e perguntei por que estava chorando. Ele me respondeu emocionado:

“Tô sofrendo muito, mas sei que Deus está comigo. Essa esperança que o missionário falou eu tenho e não quero perder nunca! É ela que me faz lutar todos os dias!”.

Nós sabemos, por mais difícil que seja a situação que vivemos, se estamos com Deus, se caminhamos com Ele, a esperança não nos decepciona. Esse irmão que já perdeu tanta coisa na vida, não perdeu o principal: o olhar em Deus que o permite ter esperança.

Peço a Deus essa graça, especialmente nesse tempo que vivemos: que estejamos com o coração em Deus, certos que a esperança nunca nos decepcionará!

Vanessa Santos é missionária da Aliança de Misericórdia e uma das responsáveis pela Casa Restaura-me de São Paulo/SP.

A Escola dos Pobres

“Do pobre aprendemos a nos alegrar com o pouco, a apreciar tudo, a partilhar cada coisa, a agradecer e pedir perdão, a recomeçar sempre com humildade, com o coração livre, com o coração de criança” (Estatuto da Aliança, 45)

Na Aliança de Misericórdia, olhamos para o pobre e o recebemos como nosso mestre, como aquele que muito tem a nos ensinar sobre a vida, dependência de Deus e simplicidade de coração. Veja o “NaFonte”, programa onde o Padre Custódio, presidente da Aliança, faça sobre essa realidade que vivemos em nosso Movimento:

A Oração dos Pobres

“Oração é abandono total nas mãos do Pai, como pobres que entregam suas vidas nas mãos do seu Senhor” (Pe. Custódio).

Também sobre esse assunto, o sacerdote gravou um bonito vídeo que nos introduz na espiritualidade de nossa pequena família:

AJUDE A ALIANÇA

Formas de ajudar

1 – Transferência/Depósito Bancário de qualquer valor
Associação Aliança de Misericórdia
CNPJ: 04.186.468-0005-05
Banco Bradesco 237
Agência 3137-2
C/C 8637-1

2 – Doações de produtos de limpeza, higiene, alimentos ou dinheiro, entre em contato pelo número (11) 94192 0806 com Cristiane Araújo.
Cestas Básicas, misturas em geral, papel higiênico, desinfetante, detergente, Água Sanitária, Sabão em Pedra, Sabão em Pó e Desodorante.

3 – Através do programa “Nota Fiscal Paulista”, doando seus cupons fiscais automaticamente para a Aliança de Misericórdia. Clique aqui e saiba mais.

4 – Para doar alimentos e materiais de higiene pessoal, você pode ir atá a Igreja Nossa Senhora da Boa Morte, no Centro da Capital Paulista (Rua do Carmo, 239 – Sé – perto do Metrô e do Poupatempo Sé).

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password