fbpx

Nossa Senhora do Carmo: A História da Padroeira dos Carmelitas e a devoção ao Escapulário

Nossa Senhora do Carmo é uma das devoções marianas mais populares no mundo todo, e sua história remonta ao começo do Cristianismo. Nossa Senhora do Carmo está intimamente ligada à Ordem dos Carmelitas, ordem de onde saíram grandes Santos como Santa Teresa D’Avila, Santa Teresinha do Menino Jesus e São João da Cruz. Conheça mais dessa bonita devoção:

A devoção a Nossa Senhora do Carmo remonta ao século XIII, quando um grupo de eremitas se estabeleceu no Monte Carmelo, na Terra Santa. A tradição nos conta que esses eremitas buscavam uma vida de recolhimento e oração, e escolheram a Virgem Maria como sua protetora e guia espiritual.

O nome “Carmo” deriva do Monte Carmelo, que significa “jardim” em hebraico, simbolizando um lugar de beleza e fertilidade espiritual, o jardim de Nossa Senhora, de onde tantas flores saíram para a Glória de Deus e da Igreja.

Nossa Senhora do Carmo é a padroeira dos Carmelitas e é venerada por sua intercessão em diversas situações da vida dos fiéis que confiam a mãe suas vidas e necessidades. Sua devoção está enraizada na confiança, na proteção materna de Maria, promessa que Jesus fez no calvário ao dá-la como mãe para a humanidade.

A festa de Nossa Senhora do Carmo é celebrada no dia 16 de julho, com destaque especial em comunidades carmelitas ao redor do mundo. Durante as celebrações, os fiéis participam de procissões, missas e novenas em homenagem à Virgem do Carmo. Além disso, a entrega e a bênção do Escapulário são práticas comuns durante essas festividades, simbolizando o compromisso com Maria e a proteção divina.

A devoção ao escapulário de Nossa Senhora do Carmo:

A devoção ao escapulário remonta ao século XIII, quando Nossa Senhora do Carmo apareceu a São Simão Stock, um carmelita inglês.

Segundo a tradição, Maria entregou a São Simão um escapulário, um pequeno pedaço de tecido que simbolizava sua proteção e intercessão maternal. A partir desse momento, a devoção ao escapulário se espalhou, especialmente entre os membros da Ordem do Carmo, e se tornou uma prática comum na Igreja Católica.

Ao usar o escapulário, os fiéis se colocam sob a proteção de Mari, confiam nela como mãe e o escapulário demonstra o desejo de seguir os ensinamentos de Cristo. A promessa é de que Nossa Senhora auxiliará aqueles que morrerem usando o escapulário, um objeto que se torna um sacramental abençoado pelo sacerdote e se torna um símbolo de consagração a Maria e de busca da vida Perfeita Cristã.

Para quê usar o escapulário do Carmo?

Oração de Nossa Senhora do Carmo

“Senhora do Carmo, ensinai-nos a dizer “sim” à vontade de Deus. Ajudai-nos a ver nos acontecimentos a mão providente do Pai. Dai-nos a capacidade para o louvar por nos ter escolhido. Ensinai-nos com a vossa compaixão prática a estar atentos às necessidades dos irmãos. Pegai na nossa mão e levai-nos a seguir sempre Jesus, tal como vós o fizestes até ao Calvário. Fazei que vivamos sempre na unidade para que sejamos a vossa Família que muito amais.

Virgem do Carmo, Senhora do Escapulário, em vós encontramos o que queremos ser: viver numa relação íntima com Cristo, estar totalmente abertos à vontade de Deus e deixar que as nossas vidas sejam transformadas pela Palavra divina.

Vós que sois a Mãe e a Formosura do Carmelo, ensina-nos a viver como filhos de Deus à imitação de Jesus.”

 

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password