Maior virtude de São Francisco

São Francisco não seria santo se não fosse o grande espaço que foi aberto em sua alma pela virtude da  humildade. Deus encontrou nele um lugar perfeito para irradiar sua santidade.

Por que a ti?

“Estava, em certa ocasião, São Francisco residindo no eremitério da Porciúncula, com frei Masseu de Marinhano, varão de grande santidade, discrição e graça em falar de Deus; ao qual, por esta razão, o santo muito amava. Ora, um dia que São Francisco, terminada a oração, vinha saindo do bosque, quis o dito frei Masseu provar até onde chegava a sua humildade; e, fazendo-se-lhe encontradiço, em ar de repreensão disse:

– Por que a ti? Por que a ti? Por que a ti?
E S. Francisco respondeu:
– Que é o que tu queres dizer?
Respondeu frei Masseu:
– Digo: donde vem que todos correm a ti, e cada qual parece que só deseja ver-te e ouvir-te e obedecer-te?

Tu não és formoso de corpo, não possuis grande ciência, não és nobre; donde vem, pois, que toda a gente corra atrás de ti? Ouvindo isto o santo, com grande alegria de espírito, levantando
o rosto para o céu, esteve, por largo espaço, com a mente elevada em Deus; e depois que voltou a si, ajoelhou-se, deu graças e louvores ao Senhor, e logo, com muito fervor, voltando-se para frei Masseu, disse:

– Queres saber porque a mim? Queres saber porque a mim? … Queres saber porque a mim toda a gente corre?

Isto me vem daqueles olhos do Altíssimo Deus, os quais por toda a parte contemplam os bons e os maus; e como estes olhos santíssimos não descobriram entre os pecadores nenhum mais vil, nem mais ignorante, nem maior do que eu; e como, para levar a cabo a maravilha que intentava, não achou, sobre a terra, mais vil criatura, escolheu-me a mim para confundir a nobreza, e a grandeza, e a força, e a formosura, e a grandeza do mundo, para que se reconheça que toda a virtude e todo o bem lhe pertencem e não à criatura, e que ninguém se pode gloriar em sua presença; mas, se alguém se gloriar, glorie-se no Senhor, a quem pertence toda a honra e glória, por toda a eternidade.

Então frei Masseu, ao ouvir tão humilde resposta, dita com tão grande fervor, se espantou e conheceu que São Francisco estava fundado em verdadeira humildade”.

São Francisco e Frei Masseu abrigados numa grutaÀ honra de Cristo. Ámen.

Segundo fonte de Editorial Franciscana

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password