fbpx

Encontro dos reinseridos

Aconteceu no domingo (26), em Piracicaba, interior de São Paulo, o encontro dos Filhos da Aliança que foram reinseridos na sociedade. O tema do mesmo foi extraído da Carta de São Pedro: “Estai sempre pronto a dar razão de vossa fé!” (cf. 1 PD 3, 15).

Santa Missa celebrada por Pe. João Henrique
Santa Missa celebrada por Pe. João Henrique

 

Foi um dia inteiro com palestra ministrada pelo missionário Alberto Carneiro, oração e Santa Missa presidida pelo Padre João Henrique; além de almoço, piscina e futebol ao som da banda de samba e pagode Toque do Senhor, de Sorocaba/SP.

Grupo de pagode gospel Toque do Senhor
Grupo de pagode gospel, Toque do Senhor

 

Esse encontro acontecia frequentemente, mas, por diversos motivos não era realizado há um bom tempo. O objetivo é reencontrar os filhos que fizeram o caminho proposto pela Aliança e que hoje permanecem firmes e, claro, promover o reencontro destes com os amigos que fizeram ao longo da caminhada. Outro intuito é proporcionar um momento de renovação de suas forças para perseverarem, mesmo diante das dificuldades que o mundo apresenta e reforçar que Aliança de Misericórdia estará sempre pronta a ajuda-los.

momento de oração
momento de oração

 

O desejo é que este encontro aconteça, daqui para frente, ao menos uma vez por ano.

Foram contatados cerca de 100 “filhos” que hoje estão bem, mas, diante de várias dificuldades (financeiras, do trabalho ou distância), somente 28 marcaram presença. Contudo, foi um momento de muita graça e alegria! Alguns vieram de longe: um filho veio do Rio de Janeiro/RJ, outro de Curitiba/PR e até um que chegou de Manaus/AM.

 

Dois breves testemunhos: 

Eu gostei do encontro porque renovou as minhas forças para a luta do dia a dia, que muitas vezes pela correria, a gente acaba esfriando, estressando e consequentemente se distanciando de Deus. Também foi importante pela comunhão entre os irmãos, a fraternidade vivida. Tive uma forte experiencia lá, quando Alberto (palestrante) começou a falar da paciência (em muitos momentos ele olhava para mim), percebi que preciso ter mais um pouco de paciência comigo mesmo, para não me desesperar em vão. Outra coisa que mexeu bastante comigo foi perceber o afeto que ele tem com o pai dele; a importância do perdão, foi muito bom para eu superar algumas coisas em relação ao meu pai, que não tenho muito relacionamento, mesmo tendo passado pela comunidade, guardava muita mágoa, por isso foi bom: para renovar o perdão. Porque é preciso dar o perdão todos os dias!!!” (Arthur Willians Freitas Gonzaga)


“Agradeço a Deus todos os dias por ter conhecido essa família maravilhosa que me acolheu, chamada Aliança de Misericórdia. Depois de 3 anos que faço parte dessa família, tivemos esse retiro maravilhoso, onde tive novamente a certeza de que preciso renovar todos os dias as minhas forças. Foi muito bom. Senti que Deus estava presente em cada momento, fomos cuidados em tudo, desde a nossa chegada, até a nossa ida. O reencontro com pessoas que não vemos há tempo foi legal. Temos que ter novamente esse retiro, porque podemos sair da casa da Aliança, mas nunca deixaremos de ser Filhos da Misericórdia” (
Rosângela Camargo Perreira dos Santos)

 

0 Comments

    Leave a Comment

    quinze − dez =

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password