fbpx

Dia Mundial de Combate ao Câncer

Dia 4 de Fevereiro é o Dia Mundial de Combate ao Câncer. Essa doença que por ano, afeta milhares de pessoas, é a segunda maior causa de morte no mundo.

O Dia Mundial do Câncer foi definido pela União Internacional para o Controle do Câncer (UICC) com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS). A ideia é incentivar o cuidado e prevenção do câncer, assim como o tratamento precoce que pode salvar vidas.

Os estudos e tratamento da doença progrediram muito nos últimos 50 anos e a cada dia, a medicina e a ciência encontram novos tratamentos e possibilidades para a luta contra o Câncer.

Na Aliança de Misericórdia, temos casos de diversos irmãos que se curaram da doença e louvam a Deus com suas vidas, assim como outros irmãos que ofereceram seus sofrimentos para Deus como Vítimas da Misericórdia.

Maria Paola do Cordeiro Imolado, fundadora do Movimento Aliança de Misericórdia junto com os Padres Henrique e Antonello, veio a falecer de Câncer em 2009.

Maria Paola é conhecida pelo seu imenso desejo de fazer do seu sofrimento um incenso agradável a Deus, ela que escolheu ser tratada nos mesmos hospitais que os pobres que tanto amava.

Ela consumiu sua vida em amor a Deus, e ofereceu cada dor e cada sofrimento do tratamento até sua partida para o céu pela conversão dos jovens e pela Aliança de Misericórdia.

A Dra. Lisete, uma das médicas que compunha a equipe de tratamento da Maria Paola, afirmava:

“Maria Paula era muito especial. Seu sofrimento era traduzido por um sorriso inigualável. Era a imagem viva da serenidade, resignação e força. E que força! Ela exalava a presença de Deus”.

O testemunho de Maria Paola é um grande legado espiritual para a Aliança de Misericórdia, testemunho de quem, mesmo em meio ao sofrimento, louvava a Deus e entregava sua vida e seu SIM com alegria.

Ela nos deixou um testamento espiritual 1 ano antes de sua partida para o céu, leia agora!

O Dia Mundial do Combate ao Câncer nos convida a oferecer nossos sofrimentos a Deus e a rezarmos por aqueles que sofrem dessa e de tantas outras doenças do corpo e da alma.

0 Comments

    Leave a Comment

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password