Confissão: tenho medo, e agora?

Confessar é reatar os laços com Deus, ter coragem de começar de novo e lançar-se nos braços misericordiosos do Pai! Mas pode bater aquela dúvida: se Deus sabe tudo e sobre tudo, por que Ele quer que nos confessemos?

Corajoso, mas nem tanto!

Temos procurado todos os dias por paz interior, e muitas vezes a falta dela é fruto de um acúmulo de pecados, de vícios que nos levam a um distanciamento do Amor de Deus!

Confessar é reatar os laços com Deus, ter coragem de começar de novo e lançar-se nos braços misericordiosos do Pai! Mas pode bater aquela dúvida: se Deus sabe tudo e sobre tudo, por que Ele quer que nos confessemos?

A resposta é muito simples: porque Ele quer de nós um ato de vontade que demonstre que estamos realmente convencidos e arrependidos do nosso erro.

Veja também:

Por que cometemos os mesmos pecados?

Não deixe que os pecados da língua te dominem

Confessar diretamente com Deus, pode?

Quando alguém procura por confissão, mostra-se humilde e concretamente desejoso de mudar de vida. E também porque ao sacerdote foi dada autoridade espiritual para nos absolver de nossas culpas e nos aconselhar para uma nova escolha diária.

E pode ficar tranquilo (a), pois o segredo de Confissão é absoluto. Um sacerdote estaria excomungado se revelasse a outras pessoas algo que tivesse ouvido nas confissões.

Nem à polícia o sacerdote pode dizer ou insinuar algo. Portanto, pode falar sem reservas e confiar no sacerdote, cuja única missão nesse momento é ser totalmente o “ouvido de Deus”.

O que é a Misericórdia de Deus?

Certa vez fizemos uma missão em um evento de Carnaval fora de época, montando um ponto de evangelização na entrada da festa.

Quando vamos até estes locais para evangelizar, abrimos uma Porta de Misericórdia a cada jovem que passa por nós, pois a Misericórdia é o Amor de Deus que antecipa o arrependimento do homem.

Indo até ali, lembramos do que Jesus fez por nós: nos amou morrendo numa Cruz por nós, quando ainda éramos pecadores (cf. Rm 5,8).

Isso mesmo! Sua Misericórdia nos abraça antes e depois vem o arrependimento no nosso coração!

Depois dessa missão, os padres da cidade disseram que muitos jovens os procuraram, relatando que ao encontrarem os missionários naquela festa, sentiram o desejo de voltar para Deus e pediram o sacramento da Confissão.

Dicas para uma boa confissão

• Começar por um bom exame de consciência, fazendo o exercício do reconhecimento do pecado e do arrependimento;
• Dar nome concreto aos pecados. Não adianta confessar de modo superficial, como “pequei contra a castidade”, “li livros que não agradam a Deus”, etc. Mas falar realmente o que aconteceu: como pequei contra a minha castidade? De que se tratavam os livros que eu li?;
• Fazer propósitos de mudança de vida, pois de nada adianta uma confissão se não há arrependimento e conversão!

Vanessa Paula – Missionária da Comunidade de Vida

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password