fbpx

Como nutrir a amizade com Jesus em todos os momentos da vida

Hoje, dia 29 de julho é o dia em que a Igreja celebra Santos Marta, Maria e Lázaro – Os Santos Irmãos de Betânia, nos mostra a Palavra, foi uma das famílias que acolheram e acompanharam o Senhor.

Mas, mais do que isso, a Palavra de Deus nos mostra que essa família tinham um relacionamento muito próximo com Jesus: eram verdadeiros amigos!

Em diversos momentos, Jesus se hospedou ou fez refeições na casa dos irmãos Marta, Maria e Lázaro, e quando ouviu falar que Lazaro havia morrido, o Senhor chorou! (cf. Jo 11,20-28).

As Sagradas Escrituras nos dizem ainda, que Marta foi uma mulher ativa, que gostava de servir a Jesus e oferecer o que tinha de melhor para seu Amigo.

Já, Maria tinha uma postura mais contemplativa, escolhendo ficar aos pés no Senhor em sua companhia.

Hoje, no dia dos Santos Irmãos Betânia, somos convidados a sermos amigos de Cristo, amigos que conhecem o Senhor, pois Jesus se deu a conhecer a nós, assim como se deu a conhecer a eles.

Amigos que confiam em Jesus e fazem o que Ele lhe diz sabendo que Ele cumpre o que promete e jamais mente.

Somos chamados a sermos amigos que seguem e acompanham Jesus, participando da Sua vida, paixão e ressurreição, e deixando-O participar da nossa vida e das nossas dores assim como fizeram os Santos Irmãos de Betânia.

Mas, como seguir o exemplo dos Santos Irmãos de Betânia e ser amigo de Jesus?

A boa notícia é que, sendo Deus, Jesus conhece nossas limitações e se adianta: antes de nós mesmos sermos Seus amigos, Ele já era o nosso amigo mais fiel, estando sempre ao nosso lado.

Ele mesmo diz: “Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas chamei-vos amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos dei a conhecer” (João 15,15).

Santo Tomás de Aquino afirmava que a amizade é buscar as mesmas coisas e desejar as mesmas coisas, e diz ainda que a caridade é o principal fundamento para a amizade.

O famoso santo acreditava na amizade pensando no fim último do homem, o Paraíso, ou seja, a verdadeira amizade é aquela que nos leva ao Paraíso.

Verdadeiros amigos buscam a mesma coisa: o Reino de Deus; querem a mesma coisa: fazer a vontade de Deus e trilham o mesmo caminho: o amor ao próximo.

Quem mais que Jesus buscou o Reino dos Céus? Quem mais que Jesus deseja a nossa salvação? E quem mais que Jesus praticou tamanha caridade a ponto de entregar Sua vida por nós?

“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos” (Jo 15,13).

O passo de Jesus já foi dado, e é dado todos os dias, porém, a amizade é uma relação entre 2 pessoas e necessita de reciprocidade.

Por isso, é necessária uma ação da nossa parte, é necessário nutrir a amizade com Cristo nas mais diferentes fases da nossa vida.

5 Passos para nutrir uma amizade com Jesus:

1º Passo: O primeiro passo para nutrir uma amizade é a busca da intimidade. Seu amigo deve te conhecer, saber quem você é. Para isso, é preciso mostrar-se, ser sincero e conversar.

Com Jesus é a mesma coisa: Ele já nos conhece, mas deseja ardentemente que nos mostremos a Ele, que falemos com Ele. Aproveitemos os momentos de oração, o sacramento da Eucaristia, onde o Senhor está presente em Corpo e Alma para nós e busquemos essa intimidade.

2º Passos: O segundo passo para nutrir uma amizade com Jesus é a busca pelas virtudes. Quando amamos alguém, quando somos amigos de alguém, queremos a pessoa feliz, queremos o melhor para ela, e se desejamos isso para Jesus, devemos saber que tudo o que Ele quer é que sejamos pessoas completas.

A busca pelas virtudes é uma busca que nos leva ao autoconhecimento, a uma intimidade maior com Ele. Sabemos que quando pecamos, entristecemos nosso Amigo, por isso, a busca das virtudes é uma bonita demonstração de amor da nossa parte.

3º Passo: O terceiro passo para nutrir uma amizade com Jesus são os atos concretos de amor e caridade. Já sabemos que a caridade agrada profundamente a Deus e, que como disse Santo Tomás de Aquino, é o fundamento para a amizade.

Porém, também devemos levar em consideração o que nos diz a palavra: “Tudo o que fizerdes a um desses pequeninos é a mim que fareis”. Na caridade que fazemos ao próximo, encontramos a pessoa de Jesus, o nosso Bom Amigo ainda mais próximo de nós.

4º Passo: O quarto passo para nutrir uma amizade com Jesus é a oração sincera, um desejo profundo de ser amigo de Deus. Esse desejo, essa busca são ouvidos por Jesus que vem ao nosso socorro.

Sabemos que sem Ele nada podemos fazer, então, peçamos fervorosamente “Senhor, eu quero ser seu(sua) amigo(a)!”.

5º Passo:  O quinto passo para nutrir uma amizade com Jesus é entender a amizade nos diferentes momentos da vida.

O que isso quer dizer? A amizade é um dos maiores dons que recebemos nessa vida. Sabemos disso e a palavra nos diz que: “Quem Encontrou um amigo encontrou um tesouro” (Ecle 6, 14), porém, é fato que as relações de amizades amadurecem com o tempo.

A amizade que tínhamos quando crianças não é a mesma de hoje. Nós mudamos, nossa vida mudou, nossos amigos muitas vezes mudam e é preciso olhar para isso com alegria.

Quando criança, temos uma amizade simples, pura e totalmente desinteressada. Não olhamos para os valores das outras crianças, são amizades maravilhosas onde dois corações se conectam pelo simples fato de estarem juntos.

Conforme vamos crescendo, é necessário acrescentar alguns filtros em relação às nossas amizades.

Passamos a escolher os amigos por gostos, estilos em comum ou por alguma relação que temos em comum.

A amizade de uma criança é amizade para brincar, quando vamos crescendo, se torna a amizade para se afirmar enquanto membro do grupo, posteriormente os amigos estão lá para desabafar…Queremos os amigos por perto para partilhar as alegrias da vida.

Até que ao fim, os amigos são aqueles com quem compartilhamos memórias e adoramos relembrá-las. Essas são mudanças graduais e naturais da amizade, assim como da vida.

Nossa amizade com Cristo também pode seguir essa premissa, pois Ele está conosco em todos os momentos desde antes de nascermos.

Ele estava lá quando brincávamos. Ele está lá quando precisamos nos encontrar e nos ajuda mostrando o caminho, Ele está lá quando precisamos desabafar e sofre conosco.

Jesus se alegra com cada uma das nossas conquistas e está lá em cada etapa compartilhando esses momentos conosco e, certamente, Ele estará lá quando fizermos memória de todas as boas coisas que vivemos.

Jesus é o amigo por excelência, e Ele deseja ser nosso amigo, assim como desejou ser de Marta, de Maria e de Lázaro.

Peçamos a intercessão dos Santos Irmãos de Betânia, para que possamos nutrir a cada dia de nossa vida a amizade com Cristo.

0 Comments

    Leave a Comment

    1 × 1 =

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password