Contra coronavírus, Papa Francisco dará Benção Urbi et Orbi

Benção urbi et orbi

Amanhã, sexta-feira (27 de março), o Papa Francisco realizará a tradicional benção “Urbi et Orbi” sobre Roma e toda a humanidade.

Essa celebração, tradicionalmente é feita apenas duas vezes ao ano: no dia do Natal e no Domingo de Páscoa. Mas, por ocasião da pandemia do coronavírus (COVID-19), o Sumo Pontífice também realizará nessa sexta-feira, com a praça de São Pedro vazia.

Urbi et Orbi

“Presidirei um momento de oração no átrio da Basílica de São Pedro. Com a Praça vazia. Desde já, convido todos a participarem espiritualmente através dos meios de comunicação. Ouviremos a Palavra de Deus, elevaremos a nossa súplica, adoraremos o Santíssimo Sacramento, com o qual, ao término, darei a Bênção Urbi et Orbi à qual será unida a possibilidade de receber indulgência plenária”, afirmou o Papa Francisco.

Na Praça de São Pedro, para este momento, estará a Cruz do Cristo Milagroso, ao qual o Santo Padre peregrinou pedindo o fim dessa pandemia.

Esse crucifixo é conhecido por, depois de uma peregrinação com o mesmo, por todas as ruas de Roma em 1522, durante a Peste Negra, ter realizado o milagre do fim da doença.

Indulgência Plenária

Quem participar com devoção desse momento de oração com o Papa Francisco, receberá a indulgência plenária, conforme decreto da penitenciaria pontifícia.

“A todos aqueles que se unirão espiritualmente a este momento de oração através da mídia será concedida a indulgência plenária de acordo com as condições estabelecidas no recente decreto da Penitenciaria Apostólica”, destacou o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni.

Ele continuou explicando que “a oração poderá ser seguida ao vivo através dos meios de comunicação e será concluída com a Bênção Eucarística que será concedida ‘Urbi et orbi’ através dos meios de comunicação”.

O que é indulgência plenária?

Segundo o Catecismo da Igreja Católica, Indulgência plenária é “a remissão, diante de Deus, da pena temporal devida pelos pecados cuja culpa já foi apagada; remissão que o fiel devidamente disposto obtém em certas e determinadas condições pela ação da Igreja que, enquanto dispensadora da Redenção, distribui e aplica, por sua autoridade, o tesouro das satisfações de Cristo e dos Santos” (cf. CIC, n. 1471).

Sendo assim, nessa sexta-feira, todos os fiéis poderão lucrar a indulgência plenária (plena), em especial, os enfermos pela COVID-19 e seus familiares, além dos médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde.

Crucifixo do “Cristo Milagroso” que estará na Praça de São Pedro

As regras da indulgência

Para lucrar a indulgência, cada um deve se unir espiritualmente, “com espírito desapegado”, “através dos meios de comunicação, à celebração da Santa Missa, à oração do Santo Terço, à prática piedosa da Via-Sacra ou outras formas de devoção, ou pelo menos rezando o Credo, o Pai-Nosso e uma invocação piedosa à Bem-Aventurada Virgem Maria”, lembrou o Penitenciário-Mor, Cardeal Mauro Piacenza.

Além disso, devem oferecer “esta provação com espírito de fé em Deus e de caridade para com os irmãos, com a vontade de cumprir as condições habituais (confissão sacramental, comunhão eucarística e oração de acordo com as intenções do Santo Padre), assim que seja possível”. Por último, o cardeal afirma que “para obter essa indulgência, recomenda-se o uso do crucifixo ou da cruz”.

Como participar da Urbi et Orbi?

A celebração com o Papa Francisco acontecerá às 14h dessa sexta-feira (horário de Brasília) e será transmitido pela internet e pelas TVs de inspiração católica, como TV Canção Nova, Rede Vida, Rede Século 21, dentre outras.

Para acompanhar diretamente da página do Vaticano, é só acessar este vídeo que transmite a Praça de São Pedro online:

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password