fbpx

Retiro de Avivamento

A Aliança de Misericórdia viveu no dia 27 de agosto o Retiro de Avivamento, realizado na Casa de Formação Imaculada do Espírito Santo (IES), em São Paulo.

Foi um dia intenso de oração, adoração e louvor, com o intuito de reavivar a chama dos carismas. Grande parte das 600 pessoas que compareceram ao evento, pertenciam ou pertencem a algum movimento carismático e foram ao Botuquara em busca de uma nova experiência dos dons e carismas do Espírito Santo.

Pe. Pedro Mariano pregandoi
imagem: Aliança São Paulo/Pe. Pedro Mariano.

Como diz São Paulo, os dons de Deus são para a edificação da comunidade, houve um momento em que todos começaram a interceder e profetizar sobre o Brasil pedindo bênçãos e libertação para esta terra.

Várias pessoas, no dia seguinte, enviaram mensagens de agradecimento pela oportunidade de viver um dia tão profundo e intenso de oração. Esperamos que o evento do ano vem dê ainda mais frutos e seja um ponto de unidade dos que desejam anunciar o Evangelho com a força dos carismas.

Momento de meditação no Avivamento
imagem: Aliança São Paulo

 

Que a nossa oração seja carismática

Sabemos que em nosso Movimento a abertura às diversas dimensões de vivências e espiritualidade se unem na condição de “ser ponte” conforme a inspiração originária de nosso carisma.

Um exemplo muito comum a ser dado quando apresentamos o carisma é dizer o quanto as dimensões carismática e libertadora se entrelaçam em nossa experiência de vida para a busca de uma libertação integral do ser humano. Diz o nosso estatuto:

Acreditamos que as dimensões carismática e evangelizadora sejam inseparáveis e que ambas conduzem a uma libertação integral, a uma transformação total: “recebereis uma força, a do Espírito Santo que descerá sobre vós, e sereis minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e a Samaria, e até os confins da terra” (At 1, 8) (Cf. Estatutos Aliança de Misericórdia §8).

A vivência dos carismas para nós, antes da prática de uma espiritualidade, é um mandato de obediência à Palavra de Deus, que nos leva a reviver a missão misericordiosa do Senhor, pelo anúncio da palavra e pelos sinais que a acompanham. (Cf. Mc 16, 15-20)
O exercício dos carismas é vivido de forma muito intensa, direta e prática em nosso dia-a-dia missionário, pois cremos neste novo ardor de pentecostes que a Igreja vive e dele participamos por ser Igreja.

Por diversas vezes experimentamos visitando aos nossos irmãos em situação de rua que, orando por eles de forma carismática, homens, mulheres, crianças, pessoas que nunca anteriormente tinham ouvido sequer o nome de Jesus, após uma oração e uma experiência do repouso no Espírito ou de uma efusão deste mesmo Espírito, se levantam como novas criaturas e desejosos a uma mudança radical de vida. Isso nenhuma ciência, nenhuma teoria explica, somente crer que pela oração tudo pode ser mudado, principalmente a vida de um filho amado de Deus que retorna à casa do Pai, ao seio da Igreja.

Outro ponto muito forte em nossos estatutos que demonstra esta realidade está no parágrafo 107 que diz: “A Palavra por meio da qual o Senhor quis suscitar a nossa comunidade (cf. Lc 4, 18-19) torna intrínseca ao nosso carisma a necessidade das curas, conversões e libertação que caracterizam e revelam a iniciativa do Senhor (cf. Lc 7, 22).

Desta forma é essencial que todo membro do movimento Aliança de Misericórdia viva os carismas com toda confiança que é reservado aos filhos deste carisma, não por uma exclusividade, mas por uma exigência própria da vivência do carisma.

Por fim, cremos na força e na potência dos carismas e que àqueles que creem, esta força será derramada abundantemente, pois “onde abundou o pecado, superabundou a graça” (Rm 5, 20), pois é o próprio Jesus que nos assegura: “Em verdade, em verdade, vos digo: quem crê em mim fará as obras que faço e fará até maiores do que elas…”

0 Comments

    Leave a Comment

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password