Anuário Pontifício aponta aumento de católicos e diminuição de padres

O Anuário Pontifício 2019 e o Annnuarium statisticum ecclesiae apontam aumento de católicos no mundo e diminuição das vocações sacerdotais.

Católicos nos cinco continentes

Em 2017, os católicos batizados eram 1 bilhão e 313 milhões, ou seja, 17,7% da população mundial, composta por sete bilhões e 408 milhões de pessoas.

No relatório entre 2016 e 2017, índices positivos de crescimento dos católicos caracterizam todas as regiões: em comparação ao dado global de 1,1%, os índices de variação da África e da Ásia atingem respectivamente +2,5% e + 1,5%, na América + 0,96%, portanto, a taxa é inferior à mundial, enquanto a Europa é o único continente que não têm quase nenhuma variação, quase nula, a 0,1 %.

Esta é a fotografia tirada pelo Annuarium statisticum Ecclesiae 2017, cuja redação foi realizada pelo Escritório Central de Estatística da Igreja, como também o Anuário Pontifício 2019.

Dos dados do Annuarium Statisticum, que se referem precisamente ao ano de 2017, emerge que um bilhão e 313 milhões de católicos estão distribuídos por continente: 48,5% na América, 21,8% na Europa, 17,8% na África, 11,1% na Ásia e 0,8% na Oceania.

Na América do Sul há uma maior presença de católicos

Santuário Nacional/Foto: Thiago Leon.

A leitura dos dados por continente do número relativo de católicos em relação à população destaca em 2017 um índice semelhante ao ano anterior, e como a presença dos católicos seja diferenciada nas várias áreas geográficas: de 63,8% presentes na população americana a 39,7% na Europa, 19,2% na África, até 3,3% na Ásia.

Deve-se sublinhar as diferenças no continente americano: se na América do Norte o percentual de católicos é de 24,7%, no centro do continente e Antilhas é de 84,6%, e ainda maior na América do Sul com 86,6%.

Aumentam as forças de apostolado

Em 2017, em comparação com o ano anterior, aumentaram de 0,5% as “forças de apostolado”, totalizando 4.666.073 unidades. Também é notado que a divisão entre os diversos componentes é “bastante diferente de continente para continente”.

“Na média mundial, a relação percentual entre o número total de clérigos e o total de agentes pastorais é de 10,4% no final de 2017, com valores mais baixos na África e na América, enquanto com valores mais altos na Oceania e sobretudo na Europa (19,3%). Na Ásia, a porcentagem está próxima da mundial.

Sacerdotes e candidatos ao sacerdócio estão diminuindo, e os bispos e missionários leigos estão aumentando.

freira distribuiu comunhão
Freira distribuiu comunhão.

A partir da comparação com 2016, “destaca-se – porque é a primeira vez que ocorre desde 2010 -, a diminuição dos sacerdotes” que passaram de 414.969 em 2016 para 414.582 em 2017. Resultam, ao invés, em aumento os bispos, os diáconos permanentes, os missionários leigos e os catequistas.

Diminuíram entre 2016 e 2017, os candidatos ao sacerdócio, que passaram de 116.160 a 115.328, com decréscimo de 0,7%. “O quadro dos fluxos continentais parece satisfatório na Igreja africana e asiática, enquanto na Europa e na América a diminuição parece muito evidente”, lê-se na publicação.

Estável a distribuição dos seminaristas maiores por continente: no ano de 2017, observa-se que a Europa contribui com 14,9% do total mundial, a América 27,3%, Ásia 29,8% e África 27,1%.

4 novas sedes episcopais

Lendo os dados contidos no Anuário Pontifício de 2019, podemos ver algumas notícias sobre a vida da Igreja Católica no mundo, a partir de 2018: foram criadas 4 novas Sedes episcopais, uma diocese foi elevada à sede metropolitana, 4 Exarcados Apostólicos a Eparquias e 1 Administração Apostólica à Diocese.

Segundo Fonte de Vatican News

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password