Aliança inicia nova missão de evangelização em Salto/SP

Missionária lava os cabelos de criança da comunidade de Marília
Missionária cuida de criança em Marília

A Evangelização começou em Outubro de 2015, quando alguns irmãos arrecadaram doces e brinquedos para distribuir às crianças carentes da cidade. Ao finalizarmos esse dia, sentimos que Deus nos chamava a algo além do que simplesmente distribuir coisas às crianças. Conhecemos nessa Evangelização, uma ocupação/comunidade no bairro Marília, onde o nosso contato permaneceu mais forte com elas.

No ano de 2017, depois de muito sonhar, a Evangelização São Filipe Neri com as crianças se instalou na favela e, durante o ano todo, quase todos os sábados à tarde, haviam atividades no local, com cerca de 40 crianças. Foi um ano de aproximação, de conhecer as crianças, as realidades de cada uma, a história, a família.

Nossa evangelização foi de permanecermos juntos, de sermos um, até porque não sabíamos ao certo aquilo que Deus queria, sem nada de estrutura, só o desejo no coração dos irmãos de estamos ali, junto deles. Ali realizamos algumas missões durante o ano, em uma delas, arrecadamos bastante cremes e shampoos, e foi o dia de cuidarmos dos cabelos das meninas, em especial, vendo a necessidade, já que a grande maioria delas estava infestada de piolhos.

Sofremos junto!

No mesmo ano, um evento triste, fez com que nossos corações fossem ainda mais unidos aos deles, quando pegou fogo em seus barracos e eles acabaram perdendo tudo. Alguns irmãos foram pra lá ajudar na construção/limpeza do local. Foi algo muito forte que vivemos lá, essa realidade “Belém”, de sofrer junto com aquele povo, foi algo que despertou nosso coração para aquilo que Deus queria: Sermos um com aquele povo. Esse evento movimentou a Comunidade de Aliança como um todo na arrecadação de móveis, roupas, tudo. E era nítido ver como o nosso coração, enquanto comunidade, estava sendo moldado.

Crianças adoram a Cristo na eucaristia em missão São Felipe Neri
Crianças em momento de adoração durante a evangelização São Felipe Neri

Um presente da população

No ano passado, Claudia, uma mulher lá do bairro (que seria como uma porta voz da favela), que não é católica, mas muito próxima a nós e que nos ajuda a estarmos lá realizando nossas missões nos disse que tinha um presente para nós: Um terreno! Ali no meio da favela, ela queria nos dar aquele espaço para que pudéssemos construir ali a nossa “casa”. Desde então, aquele terreno está lá, separado para nós, mas nós ainda não começamos nada nele, por enquanto ainda é só um morro, desnivelado, cheio de mato, mas que habita nosso sonho.

Apoio da Igreja

Nesse ano de 2018 nos aproximamos do pároco ali da região, um homem muito bom, que disse que o seu maior desejo foi sempre que o seu sacerdócio fosse para os pobres. Nos acolheu muito, deu o seu maior apoio e se comprometeu a uma vez por mês estar conosco na Missão celebrando a Missa lá no meio da favela. Se disponibilizou a doar o material para catequese (que também é nosso sonho para aquelas crianças), Batismo e disse ainda que queria também nos ajudar, de forma financeira, para que a Missão na favela pudesse crescer cada vez mais.

Por Jeferson, Comunidade de Aliança de Salto/SP

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password